sicnot

Perfil

País

Regresso das 35 horas na Função Pública ainda sem data

Regresso das 35 horas na Função Pública ainda sem data

As 35 horas semanais na Função Pública vão regressar, mas ainda não se sabe quando. O Parlamento debateu o tema esta quarta-feira, mas a esquerda não se comprometeu com uma data. Os socialistas reafirmam que a reposição do horário não pode implicar uma rutura dos serviços.

  • PSD e CDS acusam esquerda de promover injustiça com 35 horas na Função Pública
    2:28

    Economia

    PSD e CDS-PP acusam a esquerda de promover uma injustiça, ao permitir que os trabalhadores da Função Pública trabalhem menos horas que os do setor privado. O PS considera que o regresso das 35 horas de trabalho por semana se trata de uma reposição dos direitos dos trabalhadores da Função Pública, mas diz que é preciso salvaguardar que os setores estão preparados para quando o diploma entrar em vigor. O Parlamento debateu, esta quarta-feira, projetos do PS, BE, PCP e Os Verdes sobre este tema, ao mesmo que tempo que o Governo esteve reunido com os sindicatos no Ministério das Finanças.

  • Frente comum diz que Centeno adiou tema das 35 horas semanais
    0:47

    País

    À saída da reunião com o governo, Ana Avoila, voltou a garantir que a greve de dia 29 vai acontecer caso o Governo não reponha no prazo de 30 dias, as 35 horas semanais de trabalho. A coordenadora da Frente Comum disse que a reunião foi para efeitos de calendarização dos próximos encontros e que o ministro das Finanças adiou o assunto da redução da carga horária dos funcionários públicos.

  • Sindicatos prometem greve caso Governo não avance com reposição das 35 horas
    1:13

    País

    Os sindicatos garantiram, à saída da reunião entre sindicatos e o Ministério das Finanças, que caso o Governo não avance rapidamente com a reposição das 35 horas semanais de trabalho, avançam para a greve já no dia 29. O ministro das Finanças adiou o tema e disse que a reposição neste momento não depende do Governo mas sim do processo legislativo.

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41