sicnot

Perfil

País

Serviço de Utilização Comum dos Hospitais omite dívida de 45 milhões

Segundo o Tribunal de Contas, o Serviço de Utilização Comum dos Hospitais omitiu uma dívida de 45 milhões de euros entrando, assim, em falência técnica.

Grande parte das dívidas devem-se a um empréstimo de mais de 17 milhões de euros concedido por três centros hospitalares de Lisboa. O valor foi omitido nos relatórios e contas de 2013 e 2014 e só foi corrigido em setembro do ano passado.
De acordo com o Tribunal de Contas, que aplicou já aplicou uma multa ao presidente do organismo, a ocultação da dívida terá acontecido para possibilitar novos empréstimos.

O Serviço de Utilização Comum dos Hospitais é uma associação privada, sem fins lucrativos, que tem como sócios quase 60 entidades do Ministério da Saúde, Hospitais e administrações de saúde.

  • Nunca mais
    9:16