sicnot

Perfil

País

Sindicatos prometem greve caso Governo não avance com reposição das 35 horas

Sindicatos prometem greve caso Governo não avance com reposição das 35 horas

Os sindicatos garantiram, à saída da reunião entre sindicatos e o Ministério das Finanças, que caso o Governo não avance rapidamente com a reposição das 35 horas semanais de trabalho, avançam para a greve já no dia 29. O ministro das Finanças adiou o tema e disse que a reposição neste momento não depende do Governo mas sim do processo legislativo.

  • PSD e CDS acusam esquerda de promover injustiça com 35 horas na Função Pública
    2:28

    Economia

    PSD e CDS-PP acusam a esquerda de promover uma injustiça, ao permitir que os trabalhadores da Função Pública trabalhem menos horas que os do setor privado. O PS considera que o regresso das 35 horas de trabalho por semana se trata de uma reposição dos direitos dos trabalhadores da Função Pública, mas diz que é preciso salvaguardar que os setores estão preparados para quando o diploma entrar em vigor. O Parlamento debateu, esta quarta-feira, projetos do PS, BE, PCP e Os Verdes sobre este tema, ao mesmo que tempo que o Governo esteve reunido com os sindicatos no Ministério das Finanças.

  • Frente comum diz que Centeno adiou tema das 35 horas semanais
    0:47

    País

    À saída da reunião com o governo, Ana Avoila, voltou a garantir que a greve de dia 29 vai acontecer caso o Governo não reponha no prazo de 30 dias, as 35 horas semanais de trabalho. A coordenadora da Frente Comum disse que a reunião foi para efeitos de calendarização dos próximos encontros e que o ministro das Finanças adiou o assunto da redução da carga horária dos funcionários públicos.

  • Regresso das 35 horas na Função Pública ainda sem data
    2:12

    País

    As 35 horas semanais na Função Pública vão regressar, mas ainda não se sabe quando. O Parlamento debateu o tema esta quarta-feira, mas a esquerda não se comprometeu com uma data. Os socialistas reafirmam que a reposição do horário não pode implicar uma rutura dos serviços.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.