sicnot

Perfil

País

Asa de avião da TAAG choca contra vedação do aeroporto de Lisboa

Um Boeing 777 da angolana TAAG chocou na quarta-feira com uma asa numa cerca do aeroporto de Lisboa, sem provocar feridos, mas o incidente levou a um atraso de mais de 10 horas na ligação a Luanda.

(Lusa)

(Lusa)

(Lusa/ Arquivo)

A informação foi prestada hoje à Lusa pelo porta-voz da transportadora aérea de Angola, Carlos Vicente, pouco depois da aterragem em Luanda, cerca das 07:30 (menos uma hora em Lisboa), transportando 263 passageiros desde Lisboa.

"O avião embateu com a extremidade da asa direita numa cerca metálica do aeroporto, quando era puxado. Só pode ter sido um problema de manuseamento no trator [que posicionava a aeronave]. O avião é extenso e tem de haver perícia para fazer o 'pushback'", disse Carlos Vicente.

O incidente deu-se cerca das 13:00 (hora de Lisboa) de quarta-feira, quando o avião da TAAG, já com os passageiros a bordo, estava a ser rebocado por profissionais do aeroporto de Lisboa, para ser posicionado para levantar voo.

"Só saiu de Lisboa pelas 23:30 porque foi necessário fazer uma vistoria à aeronave. Mas estava tudo bem e retomou a viagem, os passageiros chegaram bem e desembarcaram normalmente, apesar do atraso de mais de 10 horas", disse o porta-voz da TAAG.

Ainda de acordo com Carlos Vicente, está descartada no incidente qualquer responsabilidade da tripulação da aeronave, constituída por 14 profissionais.

Lusa

  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • O que separa a Catalunha do resto de Espanha?
    2:12

    Mundo

    Desde 1640, as revoltas catalãs representam a vontade pela distância e pela independência. Numa região que não é reconhecida formalmente como Nação, na Catalunha entende-se e fala-se mais castelhano do que catalão. Mas o que realmente separa a Catalunha do resto de Espanha?

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Defesa de Sócrates diz que junção do caso Rio Forte à Operação Marquês é ilegal
    0:50

    Operação Marquês

    A defesa de José Sócrates diz que a junção do caso Rio Forte à Operação Marquês é ilegal. A aplicação de 900 milhões de euros da PT no BES foi anexada ao processo, por suspeita de luvas pagas por Ricardo Salgado a Zeinal Bava e Henrique Granadeiro, também arguidos. A defesa do antigo primeiro-ministro já contestou a decisão. Diz que é uma forma de confundir o processo para ocultar, mais uma vez, a falta de provas contra Sócrates.

  • Família Portugal Ramos
    15:01