sicnot

Perfil

País

Grupos central e oriental dos Açores sob aviso vermelho

Os grupos oriental e central dos Açores vão estar na sexta-feira sob aviso vermelho devido à previsão de chuva e vento forte, informou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA, o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) e o central (Terceira, São Jorge, Graciosa, Pico e Faial) vão estar sob aviso vermelho entre as 3:00 e as 15:00 de sexta-feira devido à previsão de chuva e vento forte.

O aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, é identificado pelo IPMA como uma situação meteorológica de risco extremo, devendo as pessoas acompanharem a evolução das condições meteorológicas e seguir as orientações da Proteção Civil.

Os dois grupos dos Açores vão estar sob aviso laranja a partir das 12:00 de hoje e até às 3:00 de sexta-feira devido à chuva e vento, passando a partir dessa hora a 'Aviso Vermelho'.

Os dois grupos estão igualmente em situação de aviso amarelo relativamente à agitação marítima, prevendo-se ondas com seis a oito metros, entre as 00:00 e as 15:00 de sexta-feira.

O aviso laranja refere-se a uma situação meteorológica "de risco moderado a elevado", enquanto o aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro níveis, alerta para situações de risco para determinadas atividades dependentes das condições meteorológicas.

Na quarta-feira, o IPMA anunciou que o ciclone tropical Alex deve atingir os Açores na madrugada e na manhã de sexta-feira, situação que pode originar fenómenos extremos de chuva, vento e agitação marítima.

"Os vários modelos meteorológicos utilizados neste tipo de situação estão de acordo na trajetória do sistema, pelo que é de esperar que a tempestade atinja mesmo o arquipélago, especialmente durante a madrugada e manhã de sexta-feira", explicou Carlos Ramalho, da delegação regional dos Açores do IPMA.

Carlos Ramalho esclareceu que, "às 05:00 da manhã [de hoje], a tempestade estava a 905 quilómetros a sul-sudoeste dos Açores, com deslocamento para norte-nordeste, a uma velocidade de 30 quilómetros/hora".

"A partir da noite de hoje, com a aproximação da tempestade Alex, espera-se um aumento gradual da intensidade do vento, de 80 km/hora no grupo oriental (ilhas de Santa Maria e São Miguel), sendo que a influência será sentida de forma mais intensa a partir da madrugada e durante a manhã de sexta-feira", adiantou o meteorologista.

Quando atingir o arquipélago, os especialistas estimam que o vento será de 100 a 130 km/hora nos grupos oriental e central (ilhas Terceira, Faial, Pico, Graciosa e São Jorge), com "chuva forte e forte agitação marítima, com ondas de seis a oito metros para os dois grupos".

Um ciclone é uma depressão cujos ventos atingem velocidade elevada e, por norma, inclui precipitação, sendo uma situação que poderá originar fenómenos extremos de chuva, de vento e de agitação marítima, de acordo com o IPMA.

Entretanto, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomendou a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas e a retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento, e a adequada fixação de estruturas soltas, como andaimes ou placards e outras estruturas montadas ou suspensas.

A Proteção Civil açoriana aconselha também a manter limpos os sistemas de drenagem e a consolidar telhados, portas e janelas, devendo a população ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas, não devendo praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar.

Lusa

  • Vários mortos em avalancha em Itália

    Mundo

    Várias pessoas morreram numa avalanche que atingiu um hotel numa estação de esqui na montanha de Gran Sasso, Itália. As equipas de socorro conseguiram resgatar duas pessoas, mas admitem ainda a existência de quase 30 mortos.

    Em desenvolvimento

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Temperaturas negativas congelam rio em Bragança
    1:26

    País

    As baixas temperaturas os últimos dois dias, com as mínimas a descer até aos 10 graus negativos durante a noite e madrugada, congelaram o rio que atravessa a aldeia de Gimonde, no concelho de Bragança. O repórter da SIC João Faiões esteve esta manhã no local.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.

  • Feriado no Carnaval e fim das pontes chumbados
    2:15

    País

    Nem o Carnaval vai passar a ser feriado, nem as pontes vão acabar. O PS rejeitou esta quarta-feira no Parlamento uma proposta do PSD para que os feriados a meio da semana sejam gozados na segunda-feira seguinte. Ao mesmo tempo, os socialistas recusaram duas propostas apoiadas pelos partidos de esquerda, para que o Carnaval passasse a ser sempre feriado.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16