sicnot

Perfil

País

Viana do Castelo, Braga e Porto sob aviso amarelo devido à chuva

Os distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto estão hoje sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o instituto, os distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto estão sob aviso amarelo desde as 00:00 e até às 09:00 de hoje devido à previsão de chuva por vezes forte.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro níveis, alerta para situações de risco para determinadas atividades dependentes das condições meteorológicas.

O IPMA prevê para hoje, nas regiões do norte e centro do continente, céu muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da tarde, períodos de chuva, por vezes forte no Minho e Douro Litoral até ao meio da manhã, passando a regime de aguaceiros fracos e pouco frequentes, e queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando moderado a forte, com rajadas até 70 quilómetros por hora, no litoral a norte do Cabo Carvoeiro, rodando gradualmente para norte a partir do meio da manhã.

Nas terras altas, prevê-se vento forte de sudoeste, com rajadas até 90 quilómetros por hora, tornando-se gradualmente moderado de norte a partir da tarde.

A previsão aponta ainda para neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura mínima.

No sul prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva fraca a partir do final da manhã, vento fraco a moderado de sudoeste, rodando para noroeste a partir da tarde, neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura mínima.

O instituto prevê para hoje na Madeira períodos de céu muito nublado, chuva ou aguaceiros a partir do meio da tarde e vento em geral fraco do quadrante leste, tornando-se moderado de sudoeste nas terras altas a partir da tarde.

Nos Açores, prevê-se períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto, períodos de chuva que poderá ser forte e vento leste fresco a muito fresco, temporariamente forte com rajadas até 70 quilómetros por hora.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 10 e 17 graus Celsius, no Porto entre 12 e 15, em Viana do Castelo entre 10 e 15, em Bragança entre 05 e 11, em Vila Real entre 07 e 12, em Viseu entre 10 e 14, na Guarda entre 04 e 08, em Castelo Branco entre 04 e 10, em Coimbra entre 10 e 14, em Santarém entre 06 e 16, em Évora entre 06 e 15, em Beja entre 07 e 16, em Faro entre 12 e 17, no Funchal entre 17 e 22, em Ponta Delgada entre 12 e 16, em Angra do Heroísmo entre 14 e 16 e em Santa Cruz das Flores entre 12 e 13.

Lusa

  • Os (maus) hábitos do português ao volante
    1:31

    País

    Os condutores portugueses estão a usar cada vez mais o carro e cada vez menos os transportes públicos. Um inquérito apresentado esta terça-feira pelo Automóvel Clube de Portugal (ACP) mostra que quase metade admite falar ao telemóvel enquanto conduz e cerca de um quinto já adormeceu ao volante enquanto conduzia.

  • E os nomeados são... conhecidos hoje

    Cultura

    São, esta terça-feira, conhecidos os nomeados para os Óscares. O anúncio vai ser feito a partir de Los Angeles quando forem 13h00 em Lisboa e seguido em direto numa emissão especial da SIC Notícias.

    Aqui a partir das 13:00

  • Centeno promete avançar com reformas para a zona euro
    1:45

    Economia

    Mário Centeno liderou esta segunda-feira a primeira reunião do Eurogrupo. O ministro das Finanças português prometeu pôr mãos à obra para reformar a zona euro e, sem se comprometer com datas, deixou a porta entreaberta à entrada da Bulgária na zona euro.

  • "Shutdown" nos EUA chegou ao fim
    1:05
  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.