sicnot

Perfil

País

Chuva, rajadas de vento e agitação marítima nos Açores

Chuva, rajadas de vento e agitação marítima nos Açores

Nos Açores, na Ilha de S. MIguel regista-se chuva forte e rajadas de vento até 160 quilómetros/hora. As ondas ultrapassaram os 14 metros de altura. A Proteção Civil não registou incidentes durante a madrugada mas quatro corporações de bombeiros mantêm-se em estado de alerta. O furacão Alex é o primeiro a acontecer em janeiro em 80 anos. A reporter da SIC, Ana Peneda Moreira está na ilha de São Miguel e faz o ponto da situação.

  • Furacão Alex progrediu para norte do arquipélago dos Açores
    3:27

    País

    O furacão Alex estava às 11:00 dos Açores (mais uma hora em Lisboa) a 80 quilómetros a sul da Terceira, ilha com "uma elevada probabilidade de sofrer o impacto direto do furacão". Cerca de uma hora depois, de acordo com declarações à SIC de Nuno Moreira, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o furacão continuava a passar ao largo da Terceira. Segundo o meteorologista, o furacão Alex progredia para norte do arquipélago dos Açores.

  • Vento e chuva em Ponta Delgada com menos intensidade que a esperada
    2:12

    País

    O furacão Alex aproxima-se dos Açores. Os ventos podem ultrapassar os 100 quilómetros por hora. Nesta altura, as ondas estão a galgar o molhe do porto e da marina de Ponta Delgada, em S. Miguel. Há muito vento e chuva mas a tempestade não está a afetar esta ilha com tanta intensidade como na Terceira, como relata o repórter da SIC, Luís Ferreira Lopes.

  • Alex aproxima-se do grupo oriental dos Açores
    5:18

    País

    Por volta das 11:30, o furacão Alex estava a 100km a sul da ilha Terceira do arquipélago dos Açores. Nuno Moreira, do IPMA, diz que o furacão continua a evoluir para norte, como previsto. E explica também a formação invulgar deste fenómeno.

  • Furação Alex obriga a precaução redobrada em S. Roque, na ilha de S. Miguel
    3:38

    País

    A aproximação do furação Alex está a provocar um aumento do vento e da ondulação sobretudo nas ilhas dos grupos central e oriental dos Açores. S. Roque é uma das zonas da ilha de S. Miguel que mais está a preocupar as autoridades. Nas últimas horas, a população teve de tomar algumas medidas. A repórter da SIC, Ana Peneda Moreira, tem acompanhado todos os trabalhos, numa altura em que o mar está cada vez mais perigoso e o vento a soprar com mais intensidade.

  • Proteção Civil mantém alerta nos Açores até às 18:00
    1:19

    País

    O presidente da Proteção Civil dos Açores diz que por enquanto mantém o alerta para o arquipélago até às 18:00 açorianas. Em declarações feitas às 06:00, o capitão José Dias destacou que o furacão Alex deve atingir os Açores, em especial as ilhas do grupo central, por volta das 12:00.

  • Furacão Alex passa ao largo da ilha Terceira

    País

    O furacão Alex estava às 11:00 dos Açores (mais uma hora em Lisboa) a 80 quilómetros a sul da Terceira, ilha com "uma elevada probabilidade de sofrer o impacto direto do furacão". Cerca de uma hora depois, de acordo com declarações à SIC de Nuno Moreira, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o furacão continuava a passar ao largo da Terceira.

  • Furacão Alex passa a tempestade tropical

    País

    O furacão Alex passou hoje a tempestade tropical após ter atravessado o arquipélago dos Açores, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). A passagem do furacão acabou por ser menos grave do que se temia. O fenómeno atmosférico passou a cerca de 20 quilómetros da Terceira, mas a ilha foi atingida pela parte menos ativa do furacão. A Proteção Civil registou 36 ocorrências até ao início da tarde. O aviso vermelho foi desativado entretanto. Ao longo o dia acompanhamos aqui a situação, ao minuto.

  • Alex passa a furacão e atinge grupo central dos Açores amanhã

    País

    O ciclone Alex passou a furacão e vai atingir o grupo central dos Açores na sexta-feira. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) atualizou o aviso vermelho para os Açores, prevendo que as rajadas de vento possam atingir 160 quilómetros/hora e o mar tenha ondas até 14 metros no grupo central do arquipélago.

  • Costa preparado para falar da renegociação da dívida no plano europeu
    2:24

    Economia

    O primeiro-ministro não quer quebrar com as regras impostas pela UE e não vai dar o primeiro passo na renegociação da dívida, mas estará na linha da frente quando Bruxelas ceder. Em entrevista à RTP, António Costa garante que o Governo cumpriu tudo aquilo que acordou com o presidente demissionário da Caixa Geral de Depósitos, António Domingues.

  • Benfica persegue oitavos da Liga dos Campeões

    Desporto

    O Benfica tenta hoje a qualificar-se para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, procurando uma vitória na receção ao Nápoles que lhe permita vencer o Grupo H e manter-se a salvo do perseguidor Besiktas.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.

  • Nova Deli é "altamente tóxica" para os cidadãos

    Mundo

    Nova Deli foi considerada altamente tóxica para os cidadãos. A capital da Índia é considerada há mais de três anos a cidade mais poluída do mundo, mas só este ano se concluiu que é tão tóxica que é capaz de provocar doenças crónicas a quem lá vive.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.