sicnot

Perfil

País

PSD precisa de "uma nova direção nacional para ter futuro", diz Alberto João Jardim

O ex-presidente do Governo da Madeira e líder do PSD regional, Alberto João Jardim, defendeu hoje que o partido "necessita de uma nova direção política nacional se quiser ter futuro".

Lusa

Lusa

HOMEM DE GOUVEIA

"O Partido Social Democrata necessita de uma nova direção política nacional se quiser ter futuro", diz Jardim numa nota de solidariedade divulgada hoje com os deputados do PSD na Assembleia da República eleitos pela região que, segundo o Diário de Notícias da Madeira, foram "castigados" por Pedro Passos Coelho por terem votado favoravelmente o orçamento retificativo.

O ex-presidente dos sociais-democratas madeirenses refere que o PSD nacional "atreveu-se a punir os deputados Sara Madruga, Rubina Berardo e Paulo Neves, por terem colocado a Região que representam, acima da mediocridade da partidocracia que subjuga o povo português".

Jardim salienta que os parlamentares da Madeira cumpriram as "indicações corretas" da comissão política do PSD insular e "no caso do Banif, defenderam o que foi melhor" para os madeirenses "ao votarem favoravelmente o Orçamento Retificativo".

"Espero agora que os nossos deputados recorram ao Tribunal Constitucional para, como sucedeu com os anteriores deputados, mais uma vez o grupo que controla o PSD nacional seja ainda mais desautorizado ante os portugueses", sustenta.

Jardim também opina que "ainda bem que Marcelo Rebelo de Sousa, profundamente indesejado pelo grupo Passos Coelho, se soube desmarcar do neoliberalismo tolo que nos últimos anos desvirtuou o PSD, puxando agora pelo retorno às raízes sociais-democratas de Francisco Sá Carneiro".

No entender do ex-governante madeirense, "é preciso que vença ante o retorno do pintassilguismo de discurso arrogante, redentorista, moralista e de conteúdo banal ou oco, que não dá para disfarçar num subconsciente fundamentalista-totalitário, ao estilo dos 'ayatollahs' iranianos".

"Portanto, toda a minha solidariedade aos deputados da Madeira mais uma vez colonialmente perseguidos, que não tenham receio em descobrir o toutiço de gente que não sabe o que é uma Autonomia, ou esta receia", vinca Jardim, concluindo que esta situação "mais uma vez prova que o futuro da Madeira não pode abdicar da luta autonomista, em vez de ser enganado em "consensos" interiores e exteriores".

Hoje, também o atual presidente do executivo madeirense, Miguel Albuquerque, considerou ser "positivo" o alegado processo disciplinar do PSD nacional aos deputados sociais-democratas da região, observando que confirma o compromisso que assumiram de defender "em primeiro lugar, os interesses da Região antes dos interesses do partido, independentemente da conjuntura".

Lusa

  • Apoiar o Governo "é um dever constitucional"
    0:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que apoiar o Governo é um dever constitucional do Presidente da República. Num balanço do primeiro ano em Belém, Marcelo respondeu assim a quem o acusa de andar com o Governo "ao colo".

  • Brexit só avança com aprovação parlamentar
    3:04

    Brexit

    O Supremo Tribunal britânico decidiu que o Governo precisa de ter a aprovação do Parlamento para avançar com o Brexit. A decisão foi validada por uma maioria de oito contra três juízes e justificada esta terça-feira pelo Supremo britânico. Por consequência, a libra esterlina atingiu a cotação mais alta do ano em relação ao dólar.

  • Primeira-ministra da Escócia apela ao voto contra a saída da UE
    2:25

    Brexit

    Depois da decisão do Supremo Tribunal britânico em relação ao Brexit, a primeira-ministra da Escócia veio pedir aos deputados que votem contra a saída da União Europeia. Nicola Sturgeon vai apresentar uma moção no Parlamento escocês para que este se pronuncie sobre o Brexit.

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.