sicnot

Perfil

País

Suspeito de corrupção em centros de saúde é funcionário da ARS Norte

O homem detido hoje pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas de corrupção em obras nos centros de saúde do Norte é funcionário da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, disse à Lusa fonte daquele organismo.

(Arquivo) 

(Arquivo) 

Segundo a mesma fonte, o detido é um engenheiro com funções técnicas na ARS Norte.

A PJ anunciou hoje a detenção de um homem de 63 anos suspeito de ter "violado as suas obrigações funcionais em processos de adjudicação e acompanhamento de obras de centros de saúde da zona Norte".

Em comunicado, a PJ refere que indivíduo, funcionário público e suspeito de um crime de corrupção ativa, foi detido em cumprimento de um mandado emitido pelo Ministério Público, sendo que a sua conduta terá causado "elevado prejuízo ao erário público".

A polícia salienta que "o suspeito, pelo menos desde 2010, terá violado as suas obrigações funcionais em processos de adjudicação e acompanhamento de obras em Centros de Saúde da Zona Norte".

No âmbito das diligências que a PJ efetuou na quinta-feira, que incluiram buscas domiciliária, ao local de trabalho e a uma instituição bancária, foi apreendido "um montante superior a meio milhão de euros em dinheiro, além de objetos de ourivesaria e coleções de relógios de valor avultado".

A investigação, titulada pelo Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto (DIAP), "prosseguirá para apuramento de outros envolvidos" naquele "esquema de corrupção", sublinha a PJ.

O detido vai ser agora presente a primeiro interrogatório para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Em comunicado enviado à Lusa, a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) garante que nenhum "membro do conselho diretivo, nem qualquer outro dirigente desta instituição, foi detido" no âmbito deste processo de investigação da PJ.

Contactada pela Lusa, fonte da ARS confirmou que a PJ esteve na quinta-feira naquelas instalações no âmbito de um processo "antigo".

Lusa

  • O insólito cartão amarelo mostrado a Felipe

    Desporto

    Aos 53 minutos do jogo desta quarta-feira entre o Sporting e o FC Porto, a contar para a Taça de Portugal, Jorge Sousa apercebe-se que Felipe enganou-se na camisola que vestiu ao intervalo. O defesa central reentrou com a camisola de Soares. O árbitro mostrou o cartão amarelo e mandou o jogador para o banco trocar de camisola.

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.