sicnot

Perfil

País

Cândido Ferreira lamenta morte de "bom amigo"

O candidato presidencial Cândido Ferreira lamentou hoje a morte de António Almeida Santos, sublinhando que "morreu um bom amigo com quem trocava frequentemente livros e ideias".

"A sua morte empobrece a democracia e ensombra a campanha", escreve Cândido Ferreira numa nota hoje divulgada, aproveitando para enviar à família de Almeida Santos e ao PS "sinceras condolências".

Almeida Santos morreu na segunda-feira à noite em sua casa, em Oeiras.

O presidente honorário do Partido Socialista sentiu-se mal após o jantar e foi ainda assistido ainda na sua residência.

Almeida Santos, que completaria 90 anos a 15 de fevereiro, foi submetido por duas vezes a cirurgias cardiovasculares.

O corpo do fundador do PS estará em câmara ardente na Basílica da Estrela, em Lisboa, a partir das 17:00 de hoje, mas não haverá cerimónia religiosa, a pedido do próprio.

O corpo de Almeida Santos será cremado na quarta-feira, às 13:00, no cemitério do Alto de São João.

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32