sicnot

Perfil

País

S. José confirma que não contactou qualquer hospital porque doente não devia ser transferido

A presidente do Hospital de São José confirmou hoje que não foi feito nenhum contacto para transferir para outra unidade o jovem que morreu em dezembro com um aneurisma roto e afirmou que foram seguidas as diretrizes internacionais.

Hospital de São José, Lisboa

Hospital de São José, Lisboa

"Não foi feito nenhum contacto para nenhum outro hospital porque o doente não devia ser transferido", declarou Teresa Sustelo na comissão parlamentar de saúde.

O caso de David Duarte, que morreu na madrugada de 14 de dezembro após ter dado entrada no São José com um aneurisma roto, está hoje a ser apreciado na comissão parlamentar de saúde.

Teresa Sustelo, que pôs o lugar à disposição na sequência deste caso, vincou que "as 'guidelines' internacionais mandavam que o doente" fosse intervencionado num período de 72 horas: "foi este naturalmente o raciocínio que o médico fez".

Alegou ainda que as mesmas diretrizes recomendam que o doente estivesse estabilizado, correndo risco acrescido no caso de uma transferência de unidade.

A ainda responsável do São José relatou que David Duarte "teve um agravamento rapidíssimo do seu estado neurológico e entrou em morte cerebral", indicando que tal ocorre "numa percentagem de casos" e que não chegou "ao tempo janela das 'guidelines'".

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.