sicnot

Perfil

País

Acidente com autocarro em Ourém causa 17 feridos

GALERIA DE FOTOS

Dezassete pessoas ficaram hoje feridas sem gravidade num acidente com um autocarro que se despistou na localidade de Vale da Perra, freguesia de Atouguia, no concelho de Ourém.

PAULO CUNHA/LUSA

PAULO CUNHA/LUSA

PAULO CUNHA/LUSA

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém disse à Lusa que do acidente, ocorrido cerca das 9:05, não resultaram feridos graves, tendo quatro pessoas recusado mesmo transporte para o hospital.

Segundo o CDOS, com base em informação da Infraestruturas de Portugal, o autocarro circulava na estrada nacional 356 e embateu contra uma habitação.

As vítimas já foram todas transportadas para os hospitais de Leiria, Torres Novas, Tomar e Coimbra, acrescentou fonte do CDOS, revelando que tinham idades compreendidas entre os 14 e os 70 anos.

Entre os feridos menores de idade estavam alunos de várias escolas do concelho de Ourém.

Decorrem agora os trabalhos para remoção do veículo pesado de passageiros.

No local estão os bombeiros de Ourém, Fátima, Batalha, Minde, Mira d'Aire, Torres Novas e Caxarias, as viaturas de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Tomar e de Torres Novas (do Centro Hospitalar do Médio Tejo) e a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital de Leiria.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras