sicnot

Perfil

País

Corpo de português morto no Burkina Faso trasladado na próxima semana

O corpo do cidadão português que morreu na passada sexta-feira nos ataques terroristas a um hotel no Burkina Faso será trasladado para França na próxima semana, disse à Lusa fonte da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

Yempabou

A mesma fonte do Governo não tem, para já, indicação se o corpo do homem será enviado para Portugal.

O cidadão português tinha 51 anos e era emigrante em França, sendo casado com uma cidadã francesa e pai de quatro filhos.

O ataque de um comando 'jihadista', em Ouagadougou, capital do Burkina Faso, contra um hotel e um restaurante, frequentados por estrangeiros, causou 29 vítimas mortais e 30 feridos.

No hotel onde se verificou o ataque estava um outro cidadão português, consultor da União Europeia, que saiu ileso, acrescentou a mesma fonte, salientando que esta informação foi recolhida pelos serviços consulares de Portugal no Senegal.

Lusa

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.