sicnot

Perfil

País

Relação do Porto anula acórdão que absolveu Narciso Miranda

Relação do Porto anula acórdão que absolveu Narciso Miranda

O Tribunal da Relação do Porto anulou o acórdão que, há um ano, absolveu Narciso Miranda no caso da Associação Mutualista de S. Mamede Infesta. O ex-autarca de Matosinhos tinha sido ilibado dos crimes de participação económica em negócio, peculato, abuso de confiança e simulação do roubo de um telemóvel. O julgamento poderá agora ter de ser repetido.

  • Tribunal da Relação anula absolvição de Narciso Miranda

    País

    O Tribunal da Relação do Porto (TRP) anulou o acórdão que absolveu o ex-presidente da Câmara de Matosinhos, Narciso Miranda, enquanto líder de uma mutualista, dos crimes de simulação de crime, abuso de confiança, peculato e participação económica em negócio.

  • Narciso Miranda vai recorrer da sentença que considera "injusta"
    1:23

    País

    Narciso Miranda foi, esta manhã, condenado em Matosinhos por abuso de confiança e falsificação de documento. O tribunal entendeu que usou em proveito próprio quase 36 mil euros que recebeu de uma subvenção do Estado quando foi candidato à Câmara de Matosinhos, em 2009. Narciso Miranda considera que a decisão é injusta e garantiu que vai recorrer.

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Reis de Espanha enviam mensagem para funeral das vítimas portuguesas
    0:52
  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13