sicnot

Perfil

País

Temperaturas vão descer entre os quatro e os seis graus

As temperaturas mínimas e máximas vão descer entre quatro e seis graus Celsius hoje e terça-feira, na generalidade do território, disse à agência Lusa o meteorologista Ricardo Rodrigues, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Arquivo Reuters

Arquivo Reuters

© Jeff Haynes / Reuters

"De realçar para hoje uma descida da temperatura máxima entre os quatro e os seis graus, podendo chegar aos oito graus nas regiões do interior norte e centro", adiantou o especialista, salientando que na terça-feira "as mínimas também descem na mesma ordem de grandeza".

De acordo com Ricardo Tavares, o dia de hoje vai ser marcado pela nebulosidade e precipitação.

"Vamos ter períodos de chuva no litoral norte e centro, que vão estender-se gradualmente às regiões do interior a partir do final da manhã, passando depois a regime de aguaceiros que serão de neve acima dos 1400 metros", salientou.

O meteorologista indicou também que o vento vai ser hoje em geral fraco, soprando moderado no litoral oeste, com rajadas até 60 quilómetros por hora a norte do Cabo Raso e depois gradualmente a partir do início da tarde vai tornar-se de noroeste, em geral fraco.

"Para amanhã [terça-feira], prevê-se um dia com nebulosidade, mas já sem precipitação. O vento vai tornar-se fraco e estamos a prever uma descida da temperatura mínima entre os três e os seis graus, podendo em alguns locais chegar aos oito", disse.

Assim, de acordo com Ricardo Tavares, na terça-feira as temperaturas mínimas vão situar-se entre os 05 e os 10 graus Celsius na generalidade do território, sendo um pouco abaixo dos 05 graus no interior norte e centro.

"As máximas que estiveram no domingo bastante elevadas, acima dos 20 graus, vão descer para valores próximos dos 15 graus, sendo de 10 graus no interior norte e centro", concluiu.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do final da manhã e períodos de chuva no litoral norte e centro, estendendo-se progressivamente às restantes regiões, passando gradualmente a regime de aguaceiros, que serão de neve acima de 1400 metros.

Está também previsto vento em geral fraco do quadrante sul, soprando moderado no litoral oeste, com rajadas até 60 quilómetros por hora a norte do Cabo Raso até ao início da manhã, tornando-se gradualmente em geral fraco de noroeste a partir do final da manhã e moderado a forte nas terras altas.

Para a Madeira, a previsão aponta para períodos de céu muito nublado, vento fraco a moderado de noroeste, rodando gradualmente para nordeste, soprando moderado nas terras altas até ao início da manhã e pequena descida de temperatura.

Nos Açores vai estar céu muito nublado, com abertas, tornando-se encoberto, períodos de chuva fraca para o fim do dia e vento sudoeste moderado a forte, com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 13 e 16 graus celsius, no Porto entre 12 e 15, em Viseu e Vila Real entre 09 e 13, em Bragança entre 06 e 13, na Guarda entre 07 e 10, em Coimbra entre 12 e 15, em Castelo Branco entre 09 e 14, em Santarém entre 13 e 17, em Évora entre 10 e 15, em Beja entre 12 e 16, em Faro entre 15 e 19, no Funchal entre 12 e 20, em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo entre 13 e 17 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 18.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17