sicnot

Perfil

País

Temperaturas vão descer entre os quatro e os seis graus

As temperaturas mínimas e máximas vão descer entre quatro e seis graus Celsius hoje e terça-feira, na generalidade do território, disse à agência Lusa o meteorologista Ricardo Rodrigues, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Arquivo Reuters

Arquivo Reuters

© Jeff Haynes / Reuters

"De realçar para hoje uma descida da temperatura máxima entre os quatro e os seis graus, podendo chegar aos oito graus nas regiões do interior norte e centro", adiantou o especialista, salientando que na terça-feira "as mínimas também descem na mesma ordem de grandeza".

De acordo com Ricardo Tavares, o dia de hoje vai ser marcado pela nebulosidade e precipitação.

"Vamos ter períodos de chuva no litoral norte e centro, que vão estender-se gradualmente às regiões do interior a partir do final da manhã, passando depois a regime de aguaceiros que serão de neve acima dos 1400 metros", salientou.

O meteorologista indicou também que o vento vai ser hoje em geral fraco, soprando moderado no litoral oeste, com rajadas até 60 quilómetros por hora a norte do Cabo Raso e depois gradualmente a partir do início da tarde vai tornar-se de noroeste, em geral fraco.

"Para amanhã [terça-feira], prevê-se um dia com nebulosidade, mas já sem precipitação. O vento vai tornar-se fraco e estamos a prever uma descida da temperatura mínima entre os três e os seis graus, podendo em alguns locais chegar aos oito", disse.

Assim, de acordo com Ricardo Tavares, na terça-feira as temperaturas mínimas vão situar-se entre os 05 e os 10 graus Celsius na generalidade do território, sendo um pouco abaixo dos 05 graus no interior norte e centro.

"As máximas que estiveram no domingo bastante elevadas, acima dos 20 graus, vão descer para valores próximos dos 15 graus, sendo de 10 graus no interior norte e centro", concluiu.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do final da manhã e períodos de chuva no litoral norte e centro, estendendo-se progressivamente às restantes regiões, passando gradualmente a regime de aguaceiros, que serão de neve acima de 1400 metros.

Está também previsto vento em geral fraco do quadrante sul, soprando moderado no litoral oeste, com rajadas até 60 quilómetros por hora a norte do Cabo Raso até ao início da manhã, tornando-se gradualmente em geral fraco de noroeste a partir do final da manhã e moderado a forte nas terras altas.

Para a Madeira, a previsão aponta para períodos de céu muito nublado, vento fraco a moderado de noroeste, rodando gradualmente para nordeste, soprando moderado nas terras altas até ao início da manhã e pequena descida de temperatura.

Nos Açores vai estar céu muito nublado, com abertas, tornando-se encoberto, períodos de chuva fraca para o fim do dia e vento sudoeste moderado a forte, com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 13 e 16 graus celsius, no Porto entre 12 e 15, em Viseu e Vila Real entre 09 e 13, em Bragança entre 06 e 13, na Guarda entre 07 e 10, em Coimbra entre 12 e 15, em Castelo Branco entre 09 e 14, em Santarém entre 13 e 17, em Évora entre 10 e 15, em Beja entre 12 e 16, em Faro entre 15 e 19, no Funchal entre 12 e 20, em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo entre 13 e 17 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 18.

Lusa

  • Apoiar o Governo "é um dever constitucional"
    0:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que apoiar o Governo é um dever constitucional do Presidente da República. Num balanço do primeiro ano em Belém, Marcelo respondeu assim a quem o acusa de andar com o Governo "ao colo".

  • Brexit só avança com aprovação parlamentar
    3:04

    Brexit

    O Supremo Tribunal britânico decidiu que o Governo precisa de ter a aprovação do Parlamento para avançar com o Brexit. A decisão foi validada por uma maioria de oito contra três juízes e justificada esta terça-feira pelo Supremo britânico. Por consequência, a libra esterlina atingiu a cotação mais alta do ano em relação ao dólar.

  • Primeira-ministra da Escócia apela ao voto contra a saída da UE
    2:25

    Brexit

    Depois da decisão do Supremo Tribunal britânico em relação ao Brexit, a primeira-ministra da Escócia veio pedir aos deputados que votem contra a saída da União Europeia. Nicola Sturgeon vai apresentar uma moção no Parlamento escocês para que este se pronuncie sobre o Brexit.

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.