sicnot

Perfil

País

Assunção Cristas quer que portugueses "reconheçam o CDS" como "ator principal"

A candidata à presidência do CDS Assunção Cristas disse esta terça-feira, no final da reunião com os militantes do partido, em Leiria, que o CDS "trabalhará para que os portugueses lhe reconheçam a dignidade de ator principal".

SIC

"O CDS, hoje, está motivado", garantiu Assunção Cristas, considerando que na terça-feira se realizou uma "belíssima sessão de trabalho".

Naquela que foi a primeira sessão da volta que fará ao país para ouvir os militantes, Assunção Cristas realçou que, hoje, em Leiria, estiveram "históricos do partido", "pessoas que se fizeram militantes há pouquíssimo tempo" e "pessoas que se estão hoje a fazer-se militantes do CDS, aqui mesmo nesta sessão".

"É muito bom ver a vivacidade do partido e a vontade que as pessoas têm de contribuir, ajudar a crescer e a engrandecer o CDS, para que seja um ator cada vez mais presente na política nacional", destacou ainda a candidata.

Sobre a sessão de hoje, Assunção Cristas disse ainda ter sentido o "entusiasmo" dos militantes.

"Só posso agradecer do fundo do coração toda a força que recebi aqui. Vou com o coração e com a alma muito mais cheios e entusiasmada. Tivemos uma belíssima sessão de trabalho, com muitos contributos, que coincidiram muito até com aquilo que já tinha pensado partilhar com os militantes", afirmou a candidata.

Considerando que estão "bastante alinhados", Assunção Cristas acredita que todas as sessões irão "enriquecer muito a moção" e "contribuirão na preparação do congresso".

"Acho que será uma volta excelente. Se todas forem ao nível desta sessão de Leiria teremos certamente uma volta magnífica", concluiu.

Lusa

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11