sicnot

Perfil

País

Assunção Cristas quer que portugueses "reconheçam o CDS" como "ator principal"

A candidata à presidência do CDS Assunção Cristas disse esta terça-feira, no final da reunião com os militantes do partido, em Leiria, que o CDS "trabalhará para que os portugueses lhe reconheçam a dignidade de ator principal".

SIC

"O CDS, hoje, está motivado", garantiu Assunção Cristas, considerando que na terça-feira se realizou uma "belíssima sessão de trabalho".

Naquela que foi a primeira sessão da volta que fará ao país para ouvir os militantes, Assunção Cristas realçou que, hoje, em Leiria, estiveram "históricos do partido", "pessoas que se fizeram militantes há pouquíssimo tempo" e "pessoas que se estão hoje a fazer-se militantes do CDS, aqui mesmo nesta sessão".

"É muito bom ver a vivacidade do partido e a vontade que as pessoas têm de contribuir, ajudar a crescer e a engrandecer o CDS, para que seja um ator cada vez mais presente na política nacional", destacou ainda a candidata.

Sobre a sessão de hoje, Assunção Cristas disse ainda ter sentido o "entusiasmo" dos militantes.

"Só posso agradecer do fundo do coração toda a força que recebi aqui. Vou com o coração e com a alma muito mais cheios e entusiasmada. Tivemos uma belíssima sessão de trabalho, com muitos contributos, que coincidiram muito até com aquilo que já tinha pensado partilhar com os militantes", afirmou a candidata.

Considerando que estão "bastante alinhados", Assunção Cristas acredita que todas as sessões irão "enriquecer muito a moção" e "contribuirão na preparação do congresso".

"Acho que será uma volta excelente. Se todas forem ao nível desta sessão de Leiria teremos certamente uma volta magnífica", concluiu.

Lusa

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira