sicnot

Perfil

País

FNE desconvoca greve dos trabalhadores não docentes

A Federação Nacional de Educação (FNE) anunciou hoje a suspensão da greve dos trabalhadores não docentes agendada para sexta-feira, a qual tinha sido suspensa na terça-feira pela Federação Sindical da Administração Pública (Fesap).

(LUSA/ ARQUIVO)

Em causa está a data de entrada em vigor das 35 horas semanais de trabalho para a Função Pública, que levou os sindicatos a agendar um protesto para esta sexta-feira, por considerar que poderia ser antecipada.

Na terça-feira, a Fesap, que integra os sindicatos membros da FNE, veio defender que tanto o Governo como o grupo parlamentar do PS têm dado sinais de pretender repor o horário de trabalho o mais breve possível.

No mesmo sentido, a FNE anuncia hoje que "regista positivamente que o Governo tenha assumido o compromisso de realizar todas as ações que forem necessárias para garantir que a reposição do horário de trabalho de 35 horas na Administração Pública ocorra o mais cedo possível".

Justificando o recurso à greve com "a orientação inicial do Governo que iria arrastar provavelmente para 2017" a entrada em vigor do diploma, a FNE considera agora que estão reunidas as condições para levantar o pré-aviso de greve, mas garante que não vai "deixar de estar vigilante em relação ao pleno cumprimento dos compromissos agora assumidos pelo Governo".

O primeiro protesto da Função Pública contra o atual Governo vai manter-se com a presença da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSFP).

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.