sicnot

Perfil

País

Cerca de 5.300 alunos do 4º ano vão fazer testes internacionais de leitura

Cerca de 5.300 alunos do 4º ano vão realizar dois exames internacionais que avalia a compreensão da leitura, o Progress in International Reading Literacy Study (PIRLS), revelou hoje o Instituto de Avaliação Educativa (IAVE).

© Jorge Silva / Reuters

Este ano, realiza-se pela primeira vez, o teste ePIRLS, um estudo que vai avaliar se as crianças desta faixa etária conseguem ler e utilizar a informação que leem online.

A prova é feita em formato digital e os resultados irão permitir aferir se estes alunos têm capacidade e competências para utilizar as novas tecnologias de informação em processos de ensino e aprendizagem.

Os estudos PIRLS e "ePIRLS" vão decorrer entre 01 de fevereiro e 18 de março, prevendo-se a participação de 220 escolas e cerca de 5.300 alunos.

O PIRLS é um estudo internacional, desenvolvido pela International Association for the Evaluation of Educational Achievement, que avalia a compreensão da Leitura dos alunos do 4.º ano de escolaridade.

Além dos testes, são aplicados questionários que recolhem informação de contexto e outros fatores que podem influenciar o desempenho em literacia de Leitura.

O PIRLS realiza-se de cinco em cinco anos, tendo sido feito pela primeira vez em 2001, o que permite analisar tendências dos resultados e fazer uma caracterização dos ambientes familiar e escolar em que os alunos aprendem a ler nos vários países.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.