sicnot

Perfil

País

Tiroteio em guest house no Porto faz dois feridos

A PSP foi chamada hoje a um estabelecimento hoteleiro no Porto, Guest House Mercador, onde houve troca de tiros, em circunstâncias ainda por apurar. De acordo com a agência Lusa, há registo de dois feridos ligeiros, que foram hospitalizados. Há ainda uma pessoa barricada no estabelecimento hoteleiro e uma equipa de negociadores da PSP está a tentar convencer o indivíduo a deixar o local. Algumas testemunhas disseram à SIC que o incidente terá tido origem passional.

Catarina Trindade Neves

Cristina Neves

Cedofeita, Porto

Cedofeita, Porto

Catarina Trindade Neves

Segundo o Comando Metropolitano do Porto da PSP, cerca das 14:40 um homem disparou vários tiros no interior do Guest House Mercador, tendo atingido duas pessoas que foram transportadas para o Hospital de Santo António. Todos seriam hóspedes do hostel.

Um dos feridos, do sexo masculino, "já terá tido alta", enquanto a outra vítima, uma mulher, terá sido atingida "de raspão" na cabeça e ficado com uma munição alojada num braço, mas o seu estado "não inspira cuidados".

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras