sicnot

Perfil

País

GNR registou mais de 2300 crimes ligados à internet em 2015

A GNR registou mais de 2300 crimes, associados à internet, em 2015, sendo as principais denúncias as burlas relacionadas com informática, comunicações e fraude bancária, segundo dados divulgados à agência Lusa.

Os dados foram divulgados por ocasião do Dia Europeu da Internet Segura, que se comemora todos os anos em fevereiro. (Arquivo)

Os dados foram divulgados por ocasião do Dia Europeu da Internet Segura, que se comemora todos os anos em fevereiro. (Arquivo)

Damian Dovarganes / AP

No âmbito do cibercrime, a GNR registou, em 2015, 1.360 crimes de burla informática e nas comunicações, e 706 de burla com fraude bancária.

Além destes crimes ligados à internet, aquela força de segurança recebeu ainda 190 denúncias relacionadas com a devassa da vida privada e violação de segredo, 120 de devassa da vida privada, por meio informático, e 11 de acesso indevido ou ilegítimo.

Os dados foram divulgados por ocasião do Dia Europeu da Internet Segura, que se comemora todos os anos em fevereiro.

Para assinalar a data, a GNR e a Microsoft Portugal promovem, na terça-feira, centenas de sessões, em todo o país, para alertar sobre os perigos do mundo 'online' e formas seguras de navegação na internet, numa ação que vai envolver cerca de 200 escolas, 75.000 crianças e jovens e 600 pais e encarregados de educação.

Pela primeira vez, a ação vai também incluir a população sénior, num total de 300 pessoas.

A sessão principal vai decorrer na Escola da Guarda, em Queluz, através da realização de uma aula interativa sobre segurança 'online', para 360 alunos do primeiro, segundo e terceiro ciclos de escolas dos concelhos de Sintra e Lisboa, além de 120 seniores.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.