sicnot

Perfil

País

Suspensas buscas de pescadores desaparecidos em Vigo devido ao mau tempo

As buscas para encontrar os pescadores português e espanhol cujo barco naufragou na sexta-feira ao largo de Vigo ainda não foram retomadas hoje devido ao mau tempo, disse à Lusa fonte do Centro Nacional de Salvamento Marítimo de Madrid.

reuters

Segundo a fonte, a agitação marítima que se regista no local não permite a saída da embarcação envolvida nas buscas e as fracas condições de visibilidade também têm impedido a ação dos meios aéreos.

Contudo, adiantou, prevê-se que em breve possa descolar o helicóptero que tem estado mobilizado para as operações.

O último contacto registado com a embarcação, de nome 'Látigo' e que estava na pesca de robalos, aconteceu na sexta-feira às 18:30, decorrendo desde então buscas, com meios aéreos e marítimos, para tentar localizar os pescadores.

No sábado, foi avistada a proa do barco naufragado a cerca de 300 metros do farol da entrada sul das ilhas Cíes, mas as condições marítimas impediram os meios de socorro de se aproximarem da embarcação, que se encontra numa zona de mar revolto.

Segundo adiantou nesse dia à Lusa uma fonte do Salvamento Marítimo de Vigo, o helicóptero avistou ainda no mar "um sapato e um colete salva-vidas".

As buscas pelos pescadores -- que segundo avança o jornal Faro de Vigo se chamam Filipe Manuel de Brito Carvalho e Borja Alonso, este último filho de um antigo grande armador de Vigo - vão continuar enquanto houver luz e condições atmosféricas que o permitam.

  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • Se

    Se Jaime Marta Soares tiver razão, se a ciência e as autoridades não forem - outra vez? - manipuladas pelo poder político, se a investigação - independente - concluir que o fogo começou muito antes da trovoada, então, estamos diante de um dos maiores embustes do Portugal democrático.

    Pedro Cruz

  • Governo cria fundo de apoio para as pessoas afetadas pelos incêndios
    1:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O ministro do Planeamento e Infraestruturas reuniu-se esta quarta-feira com os autarcas de Figueró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão  Grande. O Governo criou um fundo financeiro, com o contributo dos portugueses, para apoiar a reconstrução das habitações e a vida das pessoas afetadas pelos incêndios que lavram desde sábado. O fundo será aprovado quinta-feira em Conselho de Ministros.

  • A reconstrução da Nacional 236
    1:44
  • Harry admite que ninguém na família real britânica quer ser rei ou rainha

    Mundo

    O príncipe Harry admitiu que nenhum dos mais jovens membros da família real britânica quer ser rei ou rainha. Numa entrevista exclusiva à revista norte-americana Newsweek, na qual aborda temas como a morte da mãe, que perdeu com apenas 12 anos, Harry afirma que ele e o irmão estão empenhados em "modernizar a monarquia".

    SIC