sicnot

Perfil

País

Ministro do Ambiente anuncia fim da fusão na captação de água em alta

O ministro do Ambiente anunciou hoje a reversão da fusão dos sistemas de captação de água em alta decidida pelo anterior Governo "contra a vontade das autarquias", apontando o regresso à atividade da Águas de Douro e Paiva.

"Fica claro, no que diz respeito à captação de água em alta, a reversão dos sistemas fundidos contra a vontade das autarquias. Voltará a existir, no que diz respeito ao Porto, a Águas de Douro e Paiva. Outros sistemas podem manter-se como estão, se for essa a vontade das autarquias", afirmou João Pedro Matos Fernandes, à margem da inauguração do novo balcão de atendimento da empresa Águas do Porto.

Integrada na reestruturação do setor da água, a agregação de sistemas de abastecimento de água em alta foi levada a cabo pelo anterior Governo PSD/CDS, que decidiu unir os 19 sistemas multimunicipais em apenas cinco empresas (Águas do Norte, Águas do Centro Litoral, Águas de Lisboa e Vale do Tejo e as já existentes Águas do Alentejo e Águas do Algarve).

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47