sicnot

Perfil

País

PSD declara "inequívoco apoio" à candidatura de Guterres às Nações Unidas

A Comissão Permanente do PSD declarou hoje "inequívoco apoio" à candidatura de António Guterres ao cargo de secretário-geral das Nações Unidas, referindo que Pedro Passos Coelho já transmitiu esta posição ao próprio e ao primeiro-ministro.

Geert Vanden Wijngaert

"A Comissão Permanente do PSD junta ao seu apoio, já pessoalmente transmitido pelo seu presidente, doutor Pedro Passos Coelho, quer ao próprio engenheiro António Guterres quer ao Governo português na pessoa do senhor primeiro-ministro doutor António Costa, votos de sucesso para a candidatura e desejos de que a comunidade internacional possa reconhecer o seu valor", lê-se numa nota enviada à agência Lusa.

Segundo a mesma nota, "tendo tomado conhecimento da intenção do engenheiro António Guterres se candidatar ao cargo de secretário-geral da Organização das Nações Unidas, a Comissão Permanente do PSD deliberou apresentar publicamente o inequívoco apoio à sua candidatura".

O órgão de direção nacional mais restrito do PSD menciona que António Guterres foi primeiro-ministro de Portugal e elogia o seu trabalho como Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), considerando que "acumulou uma experiência ímpar em termos internacionais" nessas funções.

"De facto, é reconhecido internacionalmente como tendo sido um dos mais competentes e efetivos líderes do ACNUR, onde desenvolveu um trabalho permanente de apoio humanitário e de antecipação e sensibilização para os fenómenos causadores de migrações em todo o mundo", acrescentam os sociais-democratas.

A 22 de janeiro, o primeiro-ministro, António Costa, anunciou através do jornal Público que o Governo do PS iria apresentar oficialmente, em fevereiro, a candidatura de António Guterres a secretário-geral da Nações Unidas.

No mesmo dia, o Ministério dos Negócios Estrangeiros emitiu um comunicado confirmando essa decisão.

Lusa

  • Morreu Miguel Beleza, antigo ministro das Finanças e governador do BdP
    1:34
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.