sicnot

Perfil

País

Reflex Latino procura bifanas perto de si

Um grupo de lusodescendentes vai lançar, a 7 de março, em França, uma aplicação móvel para "encontrar imediatamente tudo o que é latino", incluindo "a bifana ou o cozido mais perto de si", explicou à Lusa Bruno António, um dos mentores do projeto.

Bifana no pão

Bifana no pão

A aplicação chama-se Reflex Latino e pretende encontrar restaurantes, produtos alimentares ou atividades de lazer latinas através da geolocalização, sendo "dirigida a todos os latinos: os portugueses, os espanhóis, os italianos, os brasileiros, os outros povos de América Latina e todos aqueles que se sentem próximos desta cultura".

"Uma das mais-valias é a pesquisa por afinidades, com as nossas palavras, ou seja, se quiser encontrar a bifana ou o cozido mais perto de si, mas também a caipirinha, o limoncello ou o presunto de pata negra. A pesquisa usa o mesmo vocabulário que a comunidade. É uma ferramenta que conhece as comunidades e que fala as mesmas línguas que a diáspora", descreveu Bruno António.

O lusodescendente de 27 anos sublinhou que "não é unicamente uma ferramenta para os emigrantes" até porque vai começar por funcionar em francês e só depois em português, visando "os franceses que se estão a interessar cada vez mais por Portugal, Espanha, Itália ou Brasil", mas admitindo que a aplicação "pode ser um apoio para os emigrantes matarem saudades e até partilharem as saudades com outros latinos".

"A nossa ferramenta valoriza as comunidades, as associações, as empresas, Portugal, Espanha e todos os países latinos. Queremos ser a primeira rede para todos. Por exemplo, se tem uma marca de vinhos e se quiser distribuí-la e internacionalizá-la, com o nosso aplicativo pode aceder a essa possibilidade de forma gratuita. Vai poder aceder a todo esse mercado da saudade e muito mais porque também pode interessar a outros povos que têm essa sensibilidade", explicou.

A aplicação vai funcionar através de "uma pesquisa clássica tradicional, por restaurantes, alimentação, lazer, todo o tipo de atividades", havendo "promoções e descontos flash que permitem, por exemplo, que num restaurante tenha um café ou um 'kir' oferecidos", contando ainda com "uma funcionalidade que permite fazer o flash da fatura e se for designado vencedor é o Reflex Latino quem paga a conta".

"Há ainda a parte de comunicação entre os parceiros: se tiver uma empresa em Portugal e quiser comunicar com empresas cá e fazer negócio vai poder fazê-lo diretamente. Ou, enquanto utilizador final, se quiser ter uma aula de salsa ou de quizomba e quiser saber os horários também pode enviar uma mensagem e o responsável da escola vai poder responder", continuou.

A aplicação é o resultado de oito meses de trabalho de mais de uma dezena de colaboradores, sendo comercializada pela empresa 2903 International Group, presidida por Bruno António, e tendo sido concebida pela Mediatree, uma empresa especialista em novas tecnologias presidida por outro lusodescendente Philippe Mendes.

Depois de França, o objetivo é "expandir-se para outros países", mas, para já, "as empresas de todo o mundo, incluindo portuguesas" são convidadas a inscreverem-se gratuitamente na base de dados da Reflex Latino a partir de 16 de fevereiro na página http://www.reflexlatino.com .

A aplicação vai ser gratuita e vai estar disponível para o público a partir de 07 de março na App Store e no Google Play.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59