sicnot

Perfil

País

Reflex Latino procura bifanas perto de si

Um grupo de lusodescendentes vai lançar, a 7 de março, em França, uma aplicação móvel para "encontrar imediatamente tudo o que é latino", incluindo "a bifana ou o cozido mais perto de si", explicou à Lusa Bruno António, um dos mentores do projeto.

Bifana no pão

Bifana no pão

A aplicação chama-se Reflex Latino e pretende encontrar restaurantes, produtos alimentares ou atividades de lazer latinas através da geolocalização, sendo "dirigida a todos os latinos: os portugueses, os espanhóis, os italianos, os brasileiros, os outros povos de América Latina e todos aqueles que se sentem próximos desta cultura".

"Uma das mais-valias é a pesquisa por afinidades, com as nossas palavras, ou seja, se quiser encontrar a bifana ou o cozido mais perto de si, mas também a caipirinha, o limoncello ou o presunto de pata negra. A pesquisa usa o mesmo vocabulário que a comunidade. É uma ferramenta que conhece as comunidades e que fala as mesmas línguas que a diáspora", descreveu Bruno António.

O lusodescendente de 27 anos sublinhou que "não é unicamente uma ferramenta para os emigrantes" até porque vai começar por funcionar em francês e só depois em português, visando "os franceses que se estão a interessar cada vez mais por Portugal, Espanha, Itália ou Brasil", mas admitindo que a aplicação "pode ser um apoio para os emigrantes matarem saudades e até partilharem as saudades com outros latinos".

"A nossa ferramenta valoriza as comunidades, as associações, as empresas, Portugal, Espanha e todos os países latinos. Queremos ser a primeira rede para todos. Por exemplo, se tem uma marca de vinhos e se quiser distribuí-la e internacionalizá-la, com o nosso aplicativo pode aceder a essa possibilidade de forma gratuita. Vai poder aceder a todo esse mercado da saudade e muito mais porque também pode interessar a outros povos que têm essa sensibilidade", explicou.

A aplicação vai funcionar através de "uma pesquisa clássica tradicional, por restaurantes, alimentação, lazer, todo o tipo de atividades", havendo "promoções e descontos flash que permitem, por exemplo, que num restaurante tenha um café ou um 'kir' oferecidos", contando ainda com "uma funcionalidade que permite fazer o flash da fatura e se for designado vencedor é o Reflex Latino quem paga a conta".

"Há ainda a parte de comunicação entre os parceiros: se tiver uma empresa em Portugal e quiser comunicar com empresas cá e fazer negócio vai poder fazê-lo diretamente. Ou, enquanto utilizador final, se quiser ter uma aula de salsa ou de quizomba e quiser saber os horários também pode enviar uma mensagem e o responsável da escola vai poder responder", continuou.

A aplicação é o resultado de oito meses de trabalho de mais de uma dezena de colaboradores, sendo comercializada pela empresa 2903 International Group, presidida por Bruno António, e tendo sido concebida pela Mediatree, uma empresa especialista em novas tecnologias presidida por outro lusodescendente Philippe Mendes.

Depois de França, o objetivo é "expandir-se para outros países", mas, para já, "as empresas de todo o mundo, incluindo portuguesas" são convidadas a inscreverem-se gratuitamente na base de dados da Reflex Latino a partir de 16 de fevereiro na página http://www.reflexlatino.com .

A aplicação vai ser gratuita e vai estar disponível para o público a partir de 07 de março na App Store e no Google Play.

  • Funcionários públicos hoje em greve
    1:37

    Economia

    Os funcionários públicos estão hoje em greve. A paralisação pode fechar algumas escolas, centros de saúde e outros serviços públicos. O fim da precariedade e o reforço de pessoal são duas das reivindicações do protesto.

  • Oliveira Costa "era incompetente para todos os lugares em que eu o vi"
    3:12

    Quadratura do Círculo

    O caso BPN esteve em destaque no programa Quadratura do Circulo desta quinta-feira. Pacheco Pereira relembrou que os maiores prejuízos são posteriores à nacionalização e responsabiliza José Sócrates. O Jorge Coelho disse que se fez justiça e que é uma prova que o Estado de direito português está a funcionar. Lobo Xavier garantiu também que Oliveira Costa era incompetente por natureza.

  • Nove distritos sob aviso amarelo devido à chuva

    País

    Nove distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes e de granizo, acompanhados de trovoada e rajadas fortes, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Bragança, Viseu, Porto, Vila Real, Guarda, Viana do Castelo, Castelo Branco, Coimbra e Braga são os distritos sob aviso o amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.