sicnot

Perfil

País

Partidos discutem alterações a rendas apoiadas

Alterar a forma de cálculo das rendas sociais e acabar com despejos administrativos são algumas das propostas que vão ser discutidas na quinta-feira no parlamento, numa discussão sobre o regime de arrendamento apoiado proposta pela esquerda.

Em causa vão estar projetos de lei do PCP e do BE, assim como projetos de resolução do PS, do PSD e do CDS-PP.

Os dois partidos mais à direta, responsáveis pela entrada em vigor do atual regime do arrendamento apoiado, não propõem alterações, solicitando uma avaliação sobre a aplicação da lei.

Além de apresentar propostas, o grupo parlamentar do PCP defende a suspensão do regime do arrendamento apoiado "por um período transitório até à reversão da lei", disse à agência Lusa a deputada comunista Paula Santos, considerando que é necessário "parar a injustiça", referindo-se aos "elevados valores de renda" e à facilitação dos despejos.

O partido comunista pretende uma revisão "profunda" da lei com "a introdução de critérios justos para garantir o direito à habitação", propondo a alteração da fórmula de cálculo das rendas, passando a ser considerado o rendimento líquido e não o rendimento bruto, e a eliminação de todos os mecanismos que conduzam aos despejos, informou.

Com ideias semelhantes sobre habitação social, o projeto de lei do BE propõe que "terminem imediatamente os despejos administrativos" e que o valor das rendas seja calculado segundo o rendimento líquido das famílias, explicou o deputado Pedro Soares, referindo que devem ser tidas em conta as "condições concretas da habitação" e deve "passar haver um teto máximo para a renda em regime apoiado".

Segundo o bloquista, a taxa de esforço sobre o valor da renda não deve ser superior a 15% do rendimento das famílias.

Na mesma linha de raciocínio encontra-se o projeto de resolução do PS que pretende alterar "profundamente" o atual regime do arrendamento apoiado, sugerindo a criação de limites máximos em função da taxa de esforço, de forma a impedir aumentos exponenciais do valor da renda.

De acordo com a deputada socialista Helena Roseta, atualmente, a taxa de esforço das famílias é de cerca de 25%, o que considera ser "uma brutalidade".

O PS defende também o fim dos despejos administrativos e a utilização do rendimento líquido das famílias no cálculo das rendas.

Já o PSD e o CDS-PP vão pedir ao atual Governo (PS) para avaliar a aplicação desta lei.

"Propomo-nos a avaliar e a monitorizar no sentido de vir a aperfeiçoar, se assim for necessário, um conjunto de considerações", disse à Lusa a deputada social-democrata Emília Santos, referindo que esta avaliação enquadra-se no primeiro ano de vigência da lei.

Questionada sobre as propostas dos outros partidos, Emília Santos afirmou que a situação dos despejos "é uma falsa questão", defendendo que "devem-se contar pelos dedos quantos despejos se fizeram".

Em relação à fórmula de cálculo das rendas, a deputada disse que "é difícil" determinar o rendimento líquido, acrescentando que, para tal, teriam que ser feitas outras alterações legislativas.

"Qualquer lei que entre em vigor nunca será perfeita" e "todas as leis devem ser monitorizadas e acompanhadas", frisou Emília Santos, considerando que "é prematuro e indesejável" suspender o atual regime do arrendamento apoiado.

Para o CDS-PP, seria "da maior utilidade que se fizesse agora uma avaliação da situação atual no que se refere à aplicação do regime do arrendamento apoiado para se poder fazer uma avaliação se as medidas que foram introduzidas, efetivamente, na prática surtiram efeito ou se é necessário introduzir alterações que façam com que o desígnio da habitação social se verifique", disse o deputado centrista Álvaro Castello-Branco, acrescentando que "as leis podem sempre ser melhoradas, nunca são perfeitas".

Os partidos não quiseram antecipar qual o sentido de voto em relação aos projetos que serão apresentados.

Em vigor desde março de 2015, o regime do arrendamento apoiado aplica-se às habitações detidas por entidades da administração direta ou indireta do Estado, autarquias ou entidades empresariais do setor do público, e prevê que o valor das rendas seja calculado em função dos rendimentos brutos do agregado familiar dos arrendatários, beneficiando as famílias com mais elementos.

Lusa

  • Bernardo Silva no Manchester City

    Desporto

    O internacional português Bernardo Silva é o mais recente reforço do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola, num contrato válido por cinco temporadas.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • Madonna despede-se: "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso!

    Cultura

    "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso! Mal posso esperar para voltar um dia e descobrir todos os teus segredos." Foi com estas palavras que Madonna se terá despedido esta sexta-feira de Portugal. Juntamente com a mensagem, a cantora publicou ainda uma fotografia no Estádio do Benfica.

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • EUA testam sistema de defesa antimíssil

    Mundo

    Os Estados Unidos realizam na próxima semana um teste ao seu sistema de defesa antimíssil que, pela primeira vez, terá em consideração uma eventual ameaça de um míssil balístico intercontinental, ação que terá em mente as recentes ameaças norte-coreanas.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00

    Pequenas grandes histórias

    Aconteceu na Rússia, na estação de televisão Mir24 TV. A pivô, Ilona Linarte, viveu um momento insólito, no estúdio, quando apresentava o jornal. Um cão de raça labrador preto apareceu atrás dela aos saltos. A pivô foi apanhada de surpresa e reagiu com humor.