sicnot

Perfil

País

Medidas de coação do caso Rota do Atlântico devem ser conhecidas hoje

Medidas de coação do caso Rota do Atlântico devem ser conhecidas hoje

Depois de quatro dias de interrogatórios, deverão ser conhecidas hoje as medidas de coação aplicadas aos detidos da operação Rota do Atlântico. José Veiga, o último dos três a ser ouvido, continuou a ser interrogado, esta manhã. A defesa diz que os arguidos estão cansados e tensos, mas espera que as diligências sirvam para esclarecer os factos da investigação e que os suspeitos sejam libertados.

  • José Veiga começa a ser ouvido amanhã em tribunal
    2:15

    País

    José Veiga só vai começar a ser interrogado amanhã no Tribunal Central de Instrução Criminal de Lisboa. Paulo Santana Lopes outro dos detidos ainda está a ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre. São suspeitos de corrupção, tráfico de influências e fraude fiscal entre outros crimes. A investigação da Polícia Judiciária teve origem em carta rogatória enviada pelas autoridades francesas.

  • Terceiro dia de interrogatórios do caso Rota do Atlântico
    1:58

    País

    José Veiga deverá estar a interrogado no Tribunal Central de Instrução Criminal. Durante a manhã, o juiz Carlos Alexandre continuou a ouvir Paulo Santana Lopes. Os dois empresários e uma advogada foram detidos na quarta-feira. Entre os outros crimes, são suspeitos de corrupção, tráfico de influências e branqueamento de capitais.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.