sicnot

Perfil

País

Sismo em Taiwan fez pelo menos 18 mortos e 505 feridos

NOVO BALANÇO

O sismo que no sábado abalou o sul de Taiwan fez até agora 18 mortos e 505 feridos, segundo o último balanço dos bombeiros.

Último balanço aponta para 18 mortos e 505 feridos

Último balanço aponta para 18 mortos e 505 feridos

Wally Santana


Entre os feridos, há 24 em estado considerado muito grave e as autoridades estimam que cerca de 100 pessoas permanecem ainda sob os escombros dos edifícios que ruíram ou ficaram danificados na cidade de Tainan.

Cerca de 800 militares foram mobilizados para ajudar nos esforços para encontrar e resgatar sobreviventes ao sismo de magnitude 6,4 graus na escala de Richter registado na sexta-feira à noite em Lisboa (madrugada de sábado em Taiwan).

Taiwan está próxima de duas placas tectónicas e é atingida com regularidade por abalos sísmicos.

Em junho de 2013, um abalo com magnitude 6,3 atingiu o centro da ilha e provocou quatro mortes e deslizes de terra generalizados.

Em setembro de 1999 um abalo de magnitude 7,6 provocou cerca de 2.400 mortos.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.