sicnot

Perfil

País

Número de pessoas com pulseira eletrónica atinge recorde em 2015

O número de pessoas com pulseira eletrónica em Portugal está a aumentar, 2015 foi um ano recorde, com mais de mil pessoas a usarem o dispositivo. De acordo com a Direção de Serviços de Vigilância Eletrónica, 90% dos vigiados são homens e mais de metade dos utilizadores estão acusados de agressões a mulheres.

De acordo com a Direção de Serviços de Vigilância Eletrónica, 90% dos vigiados são homens.

De acordo com a Direção de Serviços de Vigilância Eletrónica, 90% dos vigiados são homens.

SIC/ Arquivo

O recurso à medida, que existe em Portugal há 14 anos, aumentou 23%, em relação ao ano anterior. Apenas 4% dos casos acabam absolvidos.

O número de pessoas vigiadas continua, assim, a aumentar com 1130 novos casos em 2015. Segundo a informação publicada no Jornal de Notícias, mais de metade eram agressores de mulheres.

Seguem-se as infrações rodoviárias, nomeadamente casos de indivíduos a cumprir penas ou com uma medida de coação por não estarem habilitados para a condução, ou por terem sido apanhados com uma taxa elevada de álcool ao volante.

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22