sicnot

Perfil

País

PSP do Porto desmobiliza da Boavista, assaltantes continuam a monte

A PSP já desmobilizou da zona da Boavista, no Porto, onde esteve até ao início da tarde a tentar intercetar os três indivíduos que assaltaram à mão armada uma moradia na rua António Cardoso, disse à Lusa fonte policial.

SIC

Segundo fonte das Relações Públicas do Comando Metropolitano do Porto da PSP, a investigação deste caso está agora nas mãos da Polícia Judiciária.

O alerta de que três indivíduos encapuzados e armados estavam a assaltar uma moradia naquela artéria do Porto foi dado às 08:32.

Os indivíduos entraram na residência e fecharam três idosos num quarto, referiu a fonte, acrescentando que, quando a PSP chegou ao local, "houve uns disparos" para o ar, não provocando quaisquer feridos, e os assaltantes puseram-se em fuga a pé.

Durante a manhã a PSP cercou um edifício nas imediações da avenida da Boavista, por "suspeitas" da presença dos indivíduos, mas tal não se veio a confirmar.

Os assaltantes terão roubado divisas (dólares e francos suíços) e euros.

Lusa

  • Assaltantes a moradia no Porto continuam em fuga
    1:20

    País

    A PSP do Porto montou uma verdadeira caça do homem depois de um assalto a uma casa, esta manhã. Três homens encapuzados entraram numa moradia, onde sequestraram três idosos. Os assaltantes terão levado uma quantia avultada de dinheiro. Quando a polícia chegou, houve troca de tiros com as forças da autoridade. Os três assaltantes conseguiram fugir e continuam a monte.

  • PSP procura assaltantes de vivenda no Porto
    3:07

    País

    A polícia tem em curso uma operação de caça ao homem na região do Porto. Três homens encapuzados e armados assaltaram uma vivenda na zona do Campo Alegre, onde trancaram os proprietários da casa num quarto e roubaram ouro e dinheiro. Fizeram alguns disparos para o ar e meteram-se em fuga.

  • Polícia procura condutor da carrinha e outros dois suspeitos
    1:08
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38