sicnot

Perfil

País

Pistas de esqui da Serra da Estrela com prejuízo de meio milhão

As pistas de esqui da Serra da Estrela ainda não abriram este inverno, devido à falta de neve, o que já causou um prejuízo superior a meio milhão de euros, disse hoje o diretor-geral da estância.

A estância na Serra da Estrela está encerrada há 70 dias, enquanto que no ano passado já contava com 58 dias de funcionamento.

A estância na Serra da Estrela está encerrada há 70 dias, enquanto que no ano passado já contava com 58 dias de funcionamento.

© Rafael Marchante / Reuters

"Reportando-nos ao último ano, e sem termos em conta as perspetivas de crescimento que tínhamos para 2016, estamos seguramente a falar de mais de meio milhão de euros de prejuízo", afirmou Carlos Varandas, em declarações à agência Lusa.

O responsável explicou que as poucas vezes que caiu neve na Serra da Estrela, na Covilhã, distrito de Castelo Branco, não foi em quantidade suficiente para pôr a funcionar as pistas e que, além disso, as temperaturas que se têm registado também não permitiram recorrer à produção de neve de cultura (artificial).

"Temos condições técnicas para fazê-lo, mas com temperaturas elevadas como as deste ano torna-se impossível", acrescentou.

Segundo Carlos Varandas, a estância, que deveria ter aberto no início de dezembro, já conta com 70 dias de encerramento, quando no último ano, por esta altura, tinha registado 58 dias de funcionamento.

"É efetivamente um ano para esquecer, porque, mesmo que ainda consigamos abrir, já não há forma de compensar o que está para trás", lamentou.

Este ano, lembrou, a Turistrela, empresa concessionária do turismo e desportos de inverno na Serra da Estrela, que é proprietária da estância, levou a cabo um conjunto de "melhorias significativas", num investimento global de cerca de 700 mil euros.

Um investimento que dotou a estância de novos meios mecânicos e estruturas e que deveria contribuir para aumentar o número de praticantes de esqui, sendo que o objetivo traçado era o de passar a meta dos 30 mil esquiadores registados na última época e chegar aos 50 mil.

A estância de esqui da Serra da Estrela está localizada em pleno maciço central da montanha e tem 19 pistas de esqui com diferentes graus de dificuldade.

Lusa

  • Confrontos entre gangues rivais na prisão brasileira de Natal

    Mundo

    Dois gangues rivais entraram em confronto na Penitenciária de Alcaçuz, a mesma onde morreram 26 presos num motim esta semana, avança a agência France Press. O site da Globo refere que há um morto e sete feridos. O Exército já foi chamado a intervir.

    Em desenvolvimento

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Edíficio histórico de Teerão desmorona-se durante incêndio
    1:20
  • Cantora da Lambada encontrada morta carbonizada

    Cultura

    A cantora brasileira Loalwa Braz Vieira, ícone da Lambada do fim dos anos 80 e intérprete da música "Chorando se foi", foi encontrada morta num carro incendiado em Saquarema, Rio de Janeiro. A notícia é avançada pela Globo.