sicnot

Perfil

País

Pistas de esqui da Serra da Estrela com prejuízo de meio milhão

As pistas de esqui da Serra da Estrela ainda não abriram este inverno, devido à falta de neve, o que já causou um prejuízo superior a meio milhão de euros, disse hoje o diretor-geral da estância.

A estância na Serra da Estrela está encerrada há 70 dias, enquanto que no ano passado já contava com 58 dias de funcionamento.

A estância na Serra da Estrela está encerrada há 70 dias, enquanto que no ano passado já contava com 58 dias de funcionamento.

© Rafael Marchante / Reuters

"Reportando-nos ao último ano, e sem termos em conta as perspetivas de crescimento que tínhamos para 2016, estamos seguramente a falar de mais de meio milhão de euros de prejuízo", afirmou Carlos Varandas, em declarações à agência Lusa.

O responsável explicou que as poucas vezes que caiu neve na Serra da Estrela, na Covilhã, distrito de Castelo Branco, não foi em quantidade suficiente para pôr a funcionar as pistas e que, além disso, as temperaturas que se têm registado também não permitiram recorrer à produção de neve de cultura (artificial).

"Temos condições técnicas para fazê-lo, mas com temperaturas elevadas como as deste ano torna-se impossível", acrescentou.

Segundo Carlos Varandas, a estância, que deveria ter aberto no início de dezembro, já conta com 70 dias de encerramento, quando no último ano, por esta altura, tinha registado 58 dias de funcionamento.

"É efetivamente um ano para esquecer, porque, mesmo que ainda consigamos abrir, já não há forma de compensar o que está para trás", lamentou.

Este ano, lembrou, a Turistrela, empresa concessionária do turismo e desportos de inverno na Serra da Estrela, que é proprietária da estância, levou a cabo um conjunto de "melhorias significativas", num investimento global de cerca de 700 mil euros.

Um investimento que dotou a estância de novos meios mecânicos e estruturas e que deveria contribuir para aumentar o número de praticantes de esqui, sendo que o objetivo traçado era o de passar a meta dos 30 mil esquiadores registados na última época e chegar aos 50 mil.

A estância de esqui da Serra da Estrela está localizada em pleno maciço central da montanha e tem 19 pistas de esqui com diferentes graus de dificuldade.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.