sicnot

Perfil

País

Ciclista levado pela corrente do rio Vouga em Albergaria-a-Velha

Um ciclista foi hoje arrastado pelas águas do rio Vouga, quando circulava na estrada da Cambeia, que liga a ponte de Cacia a Angeja, em Albergaria-a-Velha, disse à Lusa fonte da corporação local de Bombeiros.

O alerta foi dado às 17:14 por populares que viram o homem a ser levado pela corrente, disse o comandante dos Bombeiros de Albergaria-a-Velha, José Valente.

Segundo a mesma fonte, o homem estava a tentar atravessar a estrada, que estava inundada devido às fortes chuvas dos últimos dias.

De imediato foram acionados para o local meios dos Bombeiros de Albergaria-a-Velha e iniciadas as buscas com uma equipa de recuperadores aquáticos, auxiliados por um barco, uma mota de água e cinco viaturas.

As buscas para encontrar o homem foram suspensas, cerca das 19:00, por falta de condições de segurança e visibilidade e vão ser retomadas logo que possível, disse o comandante José Valente

No local estiveram ainda a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de Aveiro, além da GNR.

Lusa

  • Mau tempo: veja aqui o que se passa na sua zona

    País

    A meteorologia agravou os níveis de alerta de mau tempo, especialmente devido ao vento forte e à agitação marítima. Várias localidades estão a passar por situações complicadas. Verifique na tabela que está aqui em baixo qual é o ponto de situação da sua zona.

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.