sicnot

Perfil

País

Paulo Santana Lopes proibido de contactar Miguel Relvas e Sérgio Monteiro

Paulo Santana Lopes proibido de contactar Miguel Relvas e Sérgio Monteiro

Paulo Santana Lopes, irmão do ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes e um dos principais arguidos da Operação Rota do Atlântico está proibido de falar com o antigo ministro Miguel Relvas e o antigo secretário de Estado Sérgio Monteiro. Ambos negam ao Expresso qualquer ligação com os factos que estão sob investigação e pouco contacto com os dois principais arguidos.

  • Terceiro dia de interrogatórios do caso Rota do Atlântico
    1:58

    País

    José Veiga deverá estar a interrogado no Tribunal Central de Instrução Criminal. Durante a manhã, o juiz Carlos Alexandre continuou a ouvir Paulo Santana Lopes. Os dois empresários e uma advogada foram detidos na quarta-feira. Entre os outros crimes, são suspeitos de corrupção, tráfico de influências e branqueamento de capitais.

  • Medidas de coação do caso Rota do Atlântico devem ser conhecidas hoje
    2:14

    País

    Depois de quatro dias de interrogatórios, deverão ser conhecidas hoje as medidas de coação aplicadas aos detidos da operação Rota do Atlântico. José Veiga, o último dos três a ser ouvido, continuou a ser interrogado, esta manhã. A defesa diz que os arguidos estão cansados e tensos, mas espera que as diligências sirvam para esclarecer os factos da investigação e que os suspeitos sejam libertados.

  • Termina interrogatório a José Veiga
    1:36

    País

    O interrogatório a José Veiga terminou por volta das 23:00 de domingo, no Tribunal de Instrução Criminal. As medidas de coação dos três arguidos da "Operação Rota do Atlântico" deverão ser conhecidas ainda hoje.

  • José Veiga em prisão preventiva e Paulo Santana Lopes em domiciliária

    País

    José Veiga vai ficar em prisão preventiva e Paulo Santana Lopes em prisão domiciliária, sem pulseira electrónica até pagar uma caução. As medidas de coação anunciadas pelo juiz Carlos Alexandre foram decididas cinco dias depois das detenções no processo Rota do Atlântico e depois da maratona de interrogatórios que começaram na quinta-feira passada.

  • Veiga em prisão preventiva no processo Rota do Atlântico
    3:29

    País

    José Veiga vai ficar em prisão preventiva. Paulo Santana Lopes fica em prisão domiciliária até pagar uma caução no valor de um milhão de euros. A decisão do juiz Carlos Alexandre foi conhecida já esta noite, cinco dias após as detenções no âmbito do processo Rota do Atlântico. A outra arguida, a advogada Maria Jesus Barbosa saiu em liberdade com proibição de contactos com os arguidos, testemunhas e suspeitos do processo.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".