sicnot

Perfil

País

Sobe para 10 o número de distritos com aviso laranja

​Ao início da manhã de hoje, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) aumentou para dez o número de distritos sob aviso meteorológico laranja, mais seis do que no final do dia de sexta-feira.

Albufeira / Al-Buhera / Eu Repórter

Albufeira / Al-Buhera / Eu Repórter

Faro, Setúbal, Lisboa, Leiria, Beja e Coimbra constam agora também da lista de aviso meteorológicos de chuva intensa e forte agitação marítima, juntando-se a Porto, Viana do Castelo, Aveiro e Braga.

Nesses dez distritos, o IPMA espera ondas com cinco a sete metros, mas que durante o dia de hoje podem vir a atingir dez a 12 metros de altura máxima, e chuva persistente e por vezes forte.

O 'Aviso Laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, é emitido devido a uma situação meteorológica de risco moderado e elevado.

Devido ao vento, que pode atingir rajadas entre os 85 e os 110 quilómetros/hora nas terras altas, muitos distritos do país estão também sob aviso amarelo, o terceiro menos grave de uma escala de quatro, indicando uma "situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

Nos distritos do Porto, Aveiro e Braga poderá ocorrer queda de neve acima dos 600 metros.

O mau tempo que se tem registado nos últimos dias no continente já provocou o corte de estradas, derrocadas e o corte da linha ferroviária da Beira Alta.

O rio Douro não registou cheias esta madrugada, ao contrário do que estava previsto, disse hoje à Lusa a Proteção Civil, indicando também que em Águeda o nível das águas está a baixar.

Ao início da madrugada, a Proteção Civil do Porto previu que fossem ocorrer cheias no Douro pelas 06:00, elegendo Postigo do Carvão, Miragaia e o Cais da Ribeira como os pontos mais críticos.

No entanto, pelas 06:10, o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto indicou à Lusa que "o caudal do rio está normal, não houve transbordo".

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.