sicnot

Perfil

País

Mantém-se nível de alerta amarelo em Portugal até às 08:00 de segunda-feira

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) anunciou hoje que vai manter o nível de alerta amarelo em Portugal até às 08:00 de segunda-feira, esperando-se um desagravamento a partir dessa hora.

PAULO NOVAIS

Esta informação foi prestada pelo comandante operacional nacional, José Manuel Moura, em conferência de imprensa para apresentação de um ponto de situação sobre o mau tempo e perspetivas para as próximas horas.

"Em termos de previsão meteorológica, só a partir de segunda-feira é que temos algum desagravamento das várias variáveis, nomeadamente, do vento e da agitação marítima, o que quer dizer que o dia de hoje ainda será um dia muito intenso, com muita atividade operacional e, sobretudo, a merecer por parte da população uma atenção redobrada", afirmou José Manuel Moura.

De acordo com o comandante operacional nacional, desde que foi determinado o estado de alerta amarelo, na passada sexta-feira, até às 13:00 de hoje, foram registadas 1.669 ocorrências envolvendo mais de 5.500 operacionais.

Por tipologia de ocorrências, do total registado, assinalaram-se 393 quedas de árvores, 249 movimentos de massa, 599 inundações e 166 quedas de estruturas, referiu o comandante operacional nacional, destacando as zonas Norte e Centro do país como as mais afetadas pelo mau tempo.

O nível de alerta amarelo é o terceiro mais grave de quatro níveis da proteção civil e significa a previsão de ocorrência de fenómenos que, não sendo invulgares, podem representar um dano potencial para pessoas e bens.

A propósito da situação meteorológica em Portugal, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, afirmou hoje em Milão que o Governo está "a acompanhar a situação das cheias em Portugal e dos problemas que isso causa também aos comerciantes".

"Estamos neste momento a estudar e a analisar o problema. O secretário de Estado do Comércio está a acompanhar e a ver, junto do terreno, quais as necessidades e problemas criados", disse o ministro.

Entretanto, a circulação de comboios no sentido sul-norte entre Aveiro e Estarreja foi hoje reposta cerca do meio-dia, depois de ter estado interrompida devido ao mau tempo, informou a Infraestruturas de Portugal (IP).

Está ainda interrompida, sem previsão de reposição, a circulação no troço entre Alfarelos e Taveiro, na Linha do Norte, por inundação da via.

Também na Linha do Vouga continua interrompida a circulação de comboios entre Aveiro e Eirol, por inundação da via e uma vez que foi afetada a infraestrutura de suporte.

Relativamente às estradas nacionais, há vários troços condicionados, sobretudo no Norte e Centro do país.

Lusa

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.