sicnot

Perfil

País

Quedas de árvores são a maioria das 72 ocorrências registadas desde as 00:00

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou hoje, até às 08:00, 73 ocorrências devido ao mau tempo, a maioria quedas de árvores, deslizamento de terras e inundações, sendo os mais afetados distritos de Braga, Coimbra e Porto.

PAULO NOVAIS

"Desde as 00:00 de hoje, e até às 08:00, registámos um total de 73 ocorrências que envolveram 225 operacionais e 89 veículos" da proteção civil, disse à agência Lusa fonte da ANPC.

Das 73 ocorrências registadas, 32 referem-se a quedas de árvores, 10 a movimentos de vertentes entre os quais se destaca o deslizamento de terras, 10 a inundações, 11 a quedas estruturas, a maioria pequenas como reclames luminosos, e 10 a limpezas de vias.

"A situação de estradas cortadas mantem-se" em relação a sábado, adiantou a mesma fonte, acrescentando que ao todo estão cortadas 17 estradas nacionais e duas autoestradas, a A25 no distrito de Aveiro, entre o nó do Estádio e Angeja, e a A41 no sentido este-oeste em Alfena no concelho de Valongo.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje sete distritos do país sob 'Aviso Vermelho' (o aviso mais grave do IPMA, numa escala de quatro, que indica situações meteorológicas de risco extremo), até segunda-feira devido à previsão de agitação marítima, com ondas que podem atingir os 14 metros.

O IPMA colocou também dez distritos sob aviso meteorológico laranja, o segundo mais grave aviso de uma escala de quatro.

Por causa também do mau tempo, nove das 23 barras do continente foram fechadas à navegação devido à agitação marítima e na zona norte apenas o porto de Leixões está aberto a toda a navegação, segundo a Autoridade Marítima Nacional na sua página de internet.

Lusa

  • Nove barras do continente fechadas

    País

    Nove das 23 barras do continente foram fechadas à navegação devido à agitação marítima e na zona norte apenas o porto de Leixões está aberto a toda a navegação, informa a Autoridade Marítima Nacional na sua página de internet.

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.