sicnot

Perfil

País

Circulação de comboios afetada nas linhas do Norte e do Vouga

A linha ferroviária do Norte continua submersa em Alfarelos, o que obriga os passageiros a fazer um transbordo entre Pombal e Coimbra, mantendo-se também suprimida a circulação na linha do Vouga, informou a Infraestruturas de Portugal.

Encontram-se também cortadas, devido ao deslizamento de terras, a estrada nacional 222, que liga Vila Nova de Gaia a Almendra (Vila Nova de Foz Coa), entre os quilómetros 96 e 116, junto a Resende, e a estrada nacional a 210, ao quilómetro 48.900, junto a Amarante.

Encontram-se também cortadas, devido ao deslizamento de terras, a estrada nacional 222, que liga Vila Nova de Gaia a Almendra (Vila Nova de Foz Coa), entre os quilómetros 96 e 116, junto a Resende, e a estrada nacional a 210, ao quilómetro 48.900, junto a Amarante.

SIC

Em comunicado, a Infraestruturas de Portugal, que gere a rede rodoviária e ferroviária nacional, revelou que, pelas 12:00, a linha do Norte continuava submersa em Alfarelos, o que obrigava ao transbordo dos passageiros entre Pombal e Coimbra, bem como continuava suprimido o serviço urbano entre Figueira do Foz e Coimbra.

O organismo justificou que o mau tempo que se fez sentir ao longo de todo o fim de semana obrigou à implementação de restrições à circulação.

A circulação de comboios na linha do Vouga mantém-se igualmente suspensa devido à inundação das vias, de acordo com a IP.

A empresa alertou que a reposição da circulação nas estradas e nos carris submersos - troços das linhas do Norte e do Vouga - só será feita após a descida do nível das águas.

De acordo com a IP, nas últimas 24 horas apenas se verificou uma descida de 10 centímetros no nível das águas, pelo que nas restantes linhas afetadas pelas cheias manter-se-ão, por questões de segurança, algumas limitações de velocidade na circulação.

Quanto às vias rodoviárias, encontram-se submersos o IC 3 (Itinerário Complementar da Estremadura e Ribatejo) variante da Portela, com a circulação a fazer-se pelas vias coletoras, estrada nacional 347 em Figueiró do Campo, junto à Figueira da Foz, e a estrada nacional 230-2, junto a Angeja.

Encontram-se também cortadas, devido ao deslizamento de terras, a estrada nacional 222, que liga Vila Nova de Gaia a Almendra (Vila Nova de Foz Coa), entre os quilómetros 96 e 116, junto a Resende, e a estrada nacional a 210, ao quilómetro 48.900, junto a Amarante.

A Infraestruturas de Portugal explicou ainda que o organismo vai continuar a procurar restabelecer todas as interrupções verificadas, adiantando que quanto às vias submersas tem de se aguardar a descida das águas para reposição das condições de circulação.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:57

    País

    O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje chuva fraca a norte do sistema Montejunto-Estrela com subidada temperatura mínima. Céu muito nublado ou encoberto, apresentando-se em geral pouco nublado no Baixo Alentejo e no Algarve até meio da manhã. Períodos de chuva fraca ou chuvisco nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, mais frequentes no Minho e Douro Litoral e a partir da tarde.

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.