sicnot

Perfil

País

GNR intensifica fiscalização a veículos pesados a partir de hoje

A GNR intensifica a partir de hoje a fiscalização aos veículos pesados de mercadorias e de passageiros, com o objetivo de identificar e prevenir infrações relacionadas com este tipo de transporte.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que a operação, denominada "Tispol - Truck and Bus Operation", decorre até domingo nas estradas com maior volume de tráfego destes veículos pesados.

Durante a operação, os militares da GNR realizam ações de fiscalização para controlar o peso e os tacógrafos (tempos de condução, pausas, tempos de repouso, viciação e manipulação) e verificar o acondicionamento e transporte de carga e as condições técnicas dos veículos.

A GNR controla também a condução sob efeito do álcool, o uso do cinto de segurança e as infrações de natureza fiscal, aduaneira e ambiental, adianta a corporação, sublinhando que estão mobilizados para a operação militares dos comandos territoriais, da Unidade Nacional de Trânsito, do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente e da Unidade de Ação Fiscal.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

A operação decorre também em todos os países da Europa e enquadra-se no plano definido pela European Traffic Police Network, organismo que congrega todas as polícias de trânsito da Europa, no qual a GNR é representante nacional, e pelo Euro Controle Route, grupo de serviços de controlo das estradas europeias cujo objetivo é o de melhorar a segurança rodoviária.

Lusa

  • GNR aconselha alternativas à A41
    1:16

    País

    A A41 continua cortada no sentido Valongo-Porto por causa do desabamento do piso. No sentido contrário, o trânsito está condicionado. Os automóveis estão a circular pela via lateral. A GNR pede à população que utilize em alternativa a Nacional 105 ou as Autoestradas 3 e 4.

  • GNR e PSP lembram que chamadas falsas prejudicam 112
    2:31

    País

    A linha de emergência 112 serve para salvar vidas e por é isso é ainda mais difícil compreender a estatística que se segue. No ano passado, 75% das chamadas feitas não eram emergências. Acabaram por ocupar tempo e meios que podiam ter salvo quem realmente precisava.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.