sicnot

Perfil

País

GNR intensifica fiscalização a veículos pesados a partir de hoje

A GNR intensifica a partir de hoje a fiscalização aos veículos pesados de mercadorias e de passageiros, com o objetivo de identificar e prevenir infrações relacionadas com este tipo de transporte.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que a operação, denominada "Tispol - Truck and Bus Operation", decorre até domingo nas estradas com maior volume de tráfego destes veículos pesados.

Durante a operação, os militares da GNR realizam ações de fiscalização para controlar o peso e os tacógrafos (tempos de condução, pausas, tempos de repouso, viciação e manipulação) e verificar o acondicionamento e transporte de carga e as condições técnicas dos veículos.

A GNR controla também a condução sob efeito do álcool, o uso do cinto de segurança e as infrações de natureza fiscal, aduaneira e ambiental, adianta a corporação, sublinhando que estão mobilizados para a operação militares dos comandos territoriais, da Unidade Nacional de Trânsito, do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente e da Unidade de Ação Fiscal.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

A operação decorre também em todos os países da Europa e enquadra-se no plano definido pela European Traffic Police Network, organismo que congrega todas as polícias de trânsito da Europa, no qual a GNR é representante nacional, e pelo Euro Controle Route, grupo de serviços de controlo das estradas europeias cujo objetivo é o de melhorar a segurança rodoviária.

Lusa

  • GNR aconselha alternativas à A41
    1:16

    País

    A A41 continua cortada no sentido Valongo-Porto por causa do desabamento do piso. No sentido contrário, o trânsito está condicionado. Os automóveis estão a circular pela via lateral. A GNR pede à população que utilize em alternativa a Nacional 105 ou as Autoestradas 3 e 4.

  • GNR e PSP lembram que chamadas falsas prejudicam 112
    2:31

    País

    A linha de emergência 112 serve para salvar vidas e por é isso é ainda mais difícil compreender a estatística que se segue. No ano passado, 75% das chamadas feitas não eram emergências. Acabaram por ocupar tempo e meios que podiam ter salvo quem realmente precisava.

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Pyongyang cria vídeo a simular ataque a navios dos EUA
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos da América pretendem reforçar as sanções à Coreia do Norte e investir nos esforços diplomáticos. Contudo, a tensão militar persiste. Pyongyang emitiu um vídeo em que simula um ataque a navios norte-americanos.

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.