sicnot

Perfil

País

GNR intensifica fiscalização a veículos pesados a partir de hoje

A GNR intensifica a partir de hoje a fiscalização aos veículos pesados de mercadorias e de passageiros, com o objetivo de identificar e prevenir infrações relacionadas com este tipo de transporte.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que a operação, denominada "Tispol - Truck and Bus Operation", decorre até domingo nas estradas com maior volume de tráfego destes veículos pesados.

Durante a operação, os militares da GNR realizam ações de fiscalização para controlar o peso e os tacógrafos (tempos de condução, pausas, tempos de repouso, viciação e manipulação) e verificar o acondicionamento e transporte de carga e as condições técnicas dos veículos.

A GNR controla também a condução sob efeito do álcool, o uso do cinto de segurança e as infrações de natureza fiscal, aduaneira e ambiental, adianta a corporação, sublinhando que estão mobilizados para a operação militares dos comandos territoriais, da Unidade Nacional de Trânsito, do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente e da Unidade de Ação Fiscal.

Em 2015, a GNR fiscalizou 21.651 tacógrafos de viaturas pesadas, dos quais 52% (11 229) apresentavam irregularidades nos tempos de condução e repouso.

A operação decorre também em todos os países da Europa e enquadra-se no plano definido pela European Traffic Police Network, organismo que congrega todas as polícias de trânsito da Europa, no qual a GNR é representante nacional, e pelo Euro Controle Route, grupo de serviços de controlo das estradas europeias cujo objetivo é o de melhorar a segurança rodoviária.

Lusa

  • GNR aconselha alternativas à A41
    1:16

    País

    A A41 continua cortada no sentido Valongo-Porto por causa do desabamento do piso. No sentido contrário, o trânsito está condicionado. Os automóveis estão a circular pela via lateral. A GNR pede à população que utilize em alternativa a Nacional 105 ou as Autoestradas 3 e 4.

  • GNR e PSP lembram que chamadas falsas prejudicam 112
    2:31

    País

    A linha de emergência 112 serve para salvar vidas e por é isso é ainda mais difícil compreender a estatística que se segue. No ano passado, 75% das chamadas feitas não eram emergências. Acabaram por ocupar tempo e meios que podiam ter salvo quem realmente precisava.

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".