sicnot

Perfil

País

Ordem dos Médicos revela que 13% dos médicos portugueses tira licenciatura noutro país

Segundo dados hoje revelados pela Ordem dos Médicos, 13% dos médicos opta por tirar o curso de medicina fora de Portugal, sobretudo em países como Espanha ou República Checa.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuter

Dos 49.152 médicos que se inscreveram na Ordem até 31 de dezembro do ano passado, 13% tirou a licenciatura fora de Portugal.

Na União Europeia (UE), as escolhas recaem sobretudo em Espanha e na República Checa, onde se formaram 888 e 284 médicos, respetivamente.

Além da UE, são escolhidos países como o Brasil, Cuba, Argentina, Angola ou Moçambique, segundo dados do Conselho Regional Sul da Ordem dos Médicos, que fez uma análise dos países em que se formam os profissionais de medicina.

"Este cenário deve fazer-nos olhar para dentro do país, nomeadamente para os programas formativos, disciplinas e mentores, mas também para fora, e perceber como melhor captar e reter talento. Estes números fazem-nos igualmente pensar que, se avançarmos com a revisão do 'numerus clausus' no país, o acesso ao ensino de medicina pode não ter restrições lá fora", refere em comunicado o presidente da Secção Regional Sul da Ordem dos Médicos, Jaime Teixeira Mendes.

Começa também a haver uma percentagem já significativa de estrangeiros que escolhem Portugal para se licenciar: 315 médicos estrangeiros optaram por Portugal como país de formatura, a maioria brasileiros (43%) ou dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (41%).

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.