sicnot

Perfil

País

Proteção Civil diz que não há feridos na derrocada em Ponte de Lima

Proteção Civil diz que não há feridos na derrocada em Ponte de Lima

Doze pessoas passaram a noite em casa de familiares, em Serdedelo, no concelho de Ponte de Lima, devido a um deslizamento de terras que afetou quatro habitações. O vereador da Proteção Civil de Ponte de Lima diz que não há desaparecidos ou pessoas feridas devido à derrocada mas há uma família que não pode regressar a casa nos próximos dias.

O deslizamento, acompanhado de pedras e paus, causou bastantes estragos numa das casas e numa viatura. Criou-se um rio de de lama, que chegou em alguns casos aos 30 centímetros.

Não há vítimas a registar mas há muitos danos materiais, em casas e carros que foram danificados pela lama, pelos detritos e por pedras que desceram a encosta.

O risco de um novo aluimento de terras mantém-se. Durante a noite, a GNR permaneceu no local por uma questão de segurança e hoje de manhã vai ser feita uma nova avaliação dos estragos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.