sicnot

Perfil

País

Proteção Civil diz que não há feridos na derrocada em Ponte de Lima

Proteção Civil diz que não há feridos na derrocada em Ponte de Lima

Doze pessoas passaram a noite em casa de familiares, em Serdedelo, no concelho de Ponte de Lima, devido a um deslizamento de terras que afetou quatro habitações. O vereador da Proteção Civil de Ponte de Lima diz que não há desaparecidos ou pessoas feridas devido à derrocada mas há uma família que não pode regressar a casa nos próximos dias.

O deslizamento, acompanhado de pedras e paus, causou bastantes estragos numa das casas e numa viatura. Criou-se um rio de de lama, que chegou em alguns casos aos 30 centímetros.

Não há vítimas a registar mas há muitos danos materiais, em casas e carros que foram danificados pela lama, pelos detritos e por pedras que desceram a encosta.

O risco de um novo aluimento de terras mantém-se. Durante a noite, a GNR permaneceu no local por uma questão de segurança e hoje de manhã vai ser feita uma nova avaliação dos estragos.

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.