sicnot

Perfil

País

Arménio Carlos defende que sindicatos devem continuar a ter intervenção ativa

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, considerou hoje fundamental que os sindicatos continuem a ter uma intervenção ativa, apesar da alteração do quadro político.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

Reuters (Arquivo)

«É fundamental continuar a ter uma intervenção ativa do ponto de vista sindical no atual quadro político», afirmou o líder da CGTP num encontro com jornalistas a propósito do XIII Congresso da Intersindical.

O Congresso, que se realiza em Almada nos dias 26 e 27 de fevereiro, tem como lema «Organização, unidade e luta», contará com a participação de 730 delegados e 1.500 convidados.

O emprego com direitos, a defesa da soberania, a organização e a unidade dos trabalhadores nos locais de trabalho, a intensificação da luta reivindicativa, a valorização do trabalho e das funções sociais do estado são os principais temas a debater na reunião magna da Intersindical.

Segundo Arménio Carlos, o Congresso será o momento para avaliar o trabalho feito nos últimos quatro anos pela CGTP e pelas suas estruturas, bem como para delinear a estratégia da Central para o próximo quadriénio.

Na véspera do Congresso, a CGTP realiza, como tem sido habitual nos últimos anos, uma conferência internacional que conta com participantes de 91 confederações sindicais de todo o mundo.

Subordinada ao tema «emprego com direitos, pela paz e solidariedade», a conferência contará com a intervenção do secretário-geral da Confederação Europeia de Sindicatos, e de representantes da Confederação Sindical Internacional e da Organização Internacional do Trabalho.

Lusa

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47
  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.