sicnot

Perfil

País

Quatro surfistas resgatados perto do porto da Figueira da Foz

Quatro surfistas foram hoje resgatados do mar ao final da tarde, na praia do Cabedelo, perto da barra do porto da Figueira da Foz, disse à agência Lusa o comandante do porto, Silva Rocha.

(arquivo)

(arquivo)

© Stephane Mahe / Reuters

Os surfistas resgatados são três raparigas, de 16 e 17 anos, e um homem de 42, que se lançou à água para as socorrer.

Duas das vítimas foram retiradas da água com recurso a duas motos de água, uma do Instituto de Socorros Náufragos, outra da Polícia Marítima, enquanto as outras duas foram socorridas na ponta do molhe sul do porto, por meios das corporações de bombeiros (municipais e voluntários) da Figueira da Foz.

De acordo com o comandante do porto, o acidente terá sido desencadeado quando uma das raparigas perdeu a prancha de surf e as duas colegas foram em seu auxílio, acabando todas por serem arrastadas pela água, para a zona da barra do porto.

Ao aperceber-se do que estava a acontecer, o homem, que também é surfista e se encontrava no molhe sul, lançou-se à água para as ajudar.

O surfista, Marcos Charana, disse à agência Lusa que se atirou sem a prancha de surf, conseguindo retirar da água para as pedras do molhe do porto duas das raparigas, uma das quais (a que tinha perdido a prancha) "estava em pânico".

"A corrente era forte" e Marcos Charana não conseguiu sair da água, tal como uma das jovens, sendo ambos resgatados, pouco depois, pelos operacionais de socorro, apoiados por duas motos de água, entretanto mobilizados para o local.

As duas outras raparigas foram retiradas das pedras do molhe sul do porto pelos bombeiros das duas corporações da Figueira da Foz, em coordenação com a autoridade marítima.

Os quatro surfistas foram transportados para o Hospital Distrital da Figueira da Foz "por precaução", pois "apresentavam sinais de hipotermia", disse à Lusa o comandante dos Bombeiros Municipais daquela cidade, Nuno Osório.

O alerta foi dado às 17:17 e a operação ficou concluída às 17:51, tendo sido mobilizados para o local um total de 22 operacionais, sete viaturas e três embarcações, da Polícia Marítima, dos bombeiros municipais e voluntários da Figueira da Foz e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Lusa

  • "Este é o elefante na sala sobre a saúde!"
    1:43

    País

    Catarina Martins acusa o Governo de estar alinhado com a direita na promoção de negócios privados na área da saúde. O Bloco de Esquerda quer uma nova lei de bases aprovada até ao final da legislatura e arrancou ontem com um ciclo nacional de sessões públicas para defender o Serviço Nacional de Saúde.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05