sicnot

Perfil

País

SEF desmantela rede de casamento por conveniência no Norte

O Serviços de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) divulgou hoje ter desmantelado uma rede que se dedicava a promover casamentos por conveniência entre cidadãos estrangeiros e mulheres recrutadas no Grande Porto e Braga.

De acordo com o SEF, estas mulheres terão aceitado casar com cidadãos estrangeiros a troco de dinheiro.

De acordo com o SEF, estas mulheres terão aceitado casar com cidadãos estrangeiros a troco de dinheiro.

SIC

"O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras desmantelou uma rede com ligações internacionais que se dedicava a promover casamentos de conveniência entre noivas que recrutava em Portugal e cidadãos nacionais de países terceiros que conseguiam assim ludibriar as autoridades entrando e permanecendo em solo europeu de forma aparentemente legal", explica o SEF em comunicado.

Durante a operação, denominada "Zebra", foram detidos quatro homens suspeitos pelos crimes de casamento de conveniência e de auxílio à imigração ilegal, em cumprimento de mandados de detenção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP).

Foram igualmente constituídas arguidas quatro mulheres portuguesas, com idades entre os 20 e os 30 anos que o SEF identificou como noivas de conveniência.

De acordo com o SEF, estas mulheres terão aceitado casar com cidadãos estrangeiros a troco de dinheiro.

"Mulheres com especiais carências económicas eram aliás o alvo preferencial da organização que as recrutava em bairros do Grande Porto e da cidade de Braga, locais que foram palco desta ação policial", revela.

Na operação Zebra, que envolveu 68 inspetores do SEF de todo o país, foram ainda apreendidos bilhetes de avião, passaportes e transferências internacionais de dinheiro, considerados como "prova documental dos crimes praticados pelos agora arguidos".

Os quatro detidos serão presentes quinta-feira no Tribunal de Braga para primeiro interrogatório judicial.

Lusa

  • Vários mortos em avalancha em Itália

    Mundo

    Várias pessoas morreram numa avalanche que atingiu um hotel numa estação de esqui na montanha de Gran Sasso, Itália. As equipas de socorro conseguiram resgatar duas pessoas, mas admitem ainda a existência de quase 30 mortos.

    Em desenvolvimento

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Temperaturas negativas congelam rio em Bragança
    1:26

    País

    As baixas temperaturas os últimos dois dias, com as mínimas a descer até aos 10 graus negativos durante a noite e madrugada, congelaram o rio que atravessa a aldeia de Gimonde, no concelho de Bragança. O repórter da SIC João Faiões esteve esta manhã no local.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.

  • Feriado no Carnaval e fim das pontes chumbados
    2:15

    País

    Nem o Carnaval vai passar a ser feriado, nem as pontes vão acabar. O PS rejeitou esta quarta-feira no Parlamento uma proposta do PSD para que os feriados a meio da semana sejam gozados na segunda-feira seguinte. Ao mesmo tempo, os socialistas recusaram duas propostas apoiadas pelos partidos de esquerda, para que o Carnaval passasse a ser sempre feriado.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16