sicnot

Perfil

País

Acidentes rodoviários mataram 50 pessoas este ano

Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram este ano 50 mortos, menos 19 do que em igual período de 2015, apesar de o número de acidentes ter aumentado quase 7%, segundo a Autoridade de Segurança Rodoviária.

(Arquivo)

(Arquivo)

ANTONIO COTRIM/ LUSA

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), que reúne dados da PSP e da GNR, indica que, entre 1 de janeiro e 15 de fevereiro, registaram-se 16.235 acidentes rodoviários, mais 1.008 do que no mesmo período de 2015, quando ocorreram 15.227.

Os dados adiantam que os acidentes provocaram este ano 50 vítimas mortais, menos 19 do que em igual período do ano passado, quando foram registados 69 mortos.

Os distritos com mais vítimas mortais este ano são Lisboa (10), Aveiro (8), Leiria (5) e Setúbal (4).

Já nos distritos de Viana do Castelo e de Bragança não se registou qualquer vítima mortal entre 1 de janeiro e 15 de fevereiro.

A ANSR refere também que se registaram 222 feridos graves, menos 23 do que em 2015, quando tinham ficado gravemente feridas 245.

Por outro lado, registaram-se até 15 de fevereiro mais 320 feridos ligeiros do que em igual período do ano passado, num total de 4.632, contra os 4.312 de 2015.

Os dados da ANSR dizem respeito às vítimas mortais cujo óbito ocorreu no local do acidente ou a caminho do hospital.

Lusa

  • Condutor atropela 3 adolescentes em Ourém e foge
    1:45

    País

    Três adolescentes foram atropelados em Ourém, domingo à tarde, e ficaram feridos com gravidade. O condutor fugiu. O atropelamento ocorreu pouco depois das 17:00 na estrada que liga Alvega a Atouguia, no concelho de Ourém. Os adolescentes, dois com 14 anos e um 15 estavam a andar de bicicleta quando foram colhidos por um carro que se presume ser um Seat Ibiza preto, de acordo com uma fonte da GNR de Santarém que falou à agência Lusa. Uma das crianças foi transportada de Helicóptero para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa. As outras duas deram entrada no Hospital Pediátrico de Coimbra.

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.