sicnot

Perfil

País

Portugueses vão poder escolher serviços de saúde dentro de dois ou três anos

O ministro da Saúde anunciou que dentro de dois ou três anos os portugueses poderão escolher os serviços de saúde e que a arma para cativar os utentes serão «a qualidade, o desempenho e a transparência».

Reuters (Arquivo)

Adalberto Campos Fernandes falou aos jornalistas no final da cerimónia de comemoração do primeiro transplante cardíaco, realizado há 30 anos no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide.

«A arma (para os serviços de saúde cativarem os utentes) é a qualidade, é o desempenho e a transparência. Temos de ter um Serviço Nacional de Saúde exigente consigo próprio e que gosta de ser avaliado», disse.

De acordo com o ministro, estão ainda a ser feitos «os estudos necessários», mas as primeiras medidas serão ensaiadas já a partir de abril, quando forem assinados os primeiros contratos-programa com os hospitais.

Esta livre escolha deverá estar a funcionar em pleno daqui a dois, três anos.

O ministro disse também que «a transplantação é uma prioridade política» desta equipa ministerial e sublinhou a importância desta efeméride que recorda o primeiro transplante cardíaco em Portugal.

Lusa

  • Médicos dizem que plano de contigência do frio aplicado pelo Ministério não alivia urgências
    1:45

    País

    Os médicos defendem que o plano de contingência do frio aplicado pelo Ministério da Saúde não está a aliviar as urgências dos hospitais. O objetivo passava por encaminhar os doentes para os centros de saúde mais próximos, mas tal não aconteceu. As pessoas não optam pelos centros de saúde, mas estes centros também não têm meios e instrumentos básicos de saúde, como termómetros. A Ordem dos Médicos realizou um inquérito aos clínicos dos centros de saúde da zona Centro que acabou por revelar que o alargamento de horário até às 22:00 não valia pena, devido à falta de doentes.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.