sicnot

Perfil

País

Dezasseis linces ibéricos vivem de forma livre em Portugal

Mais três linces ibéricos foram hoje libertados no Alentejo, subindo para 16 o número de exemplares da espécie que vivem livres na natureza em Portugal, segundo o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

Num comunicado enviado à agência Lusa, o ICNF explica que os três linces hoje libertados, no Parque Natural do Vale do Guadiana, no concelho de Mértola, no distrito de Beja, são as fêmeas Mesquita e Malva e o macho Mel, cujos nomes foram escolhidos pela população e homenageiam o património local.

Os três animais nasceram na primavera de 2015 e têm nomes iniciados pela letra "M" por uma razão de identificação e um emissor que permite segui-los e monitorizar os seus movimentos no terreno, explica o ICNF.

Com a libertação hoje de Mesquita, Malva e Mel subiu para 16 o número de linces ibéricos a viverem livres na natureza no concelho de Mértola desde dezembro de 2014, quando começou a libertação de exemplares da espécie em território português, no âmbito do projeto de Recuperação da Distribuição Histórica do Lince-Ibérico em Espanha e Portugal "LIFE+Iberlince".

No âmbito da 2.ª época de reintrodução da espécie em Portugal, que prevê a libertação de um total de nove linces-ibéricos este ano no concelho de Mértola, já foram libertados sete animais, ou seja, Mesquita, Malva e Mel, hoje, as fêmeas Myrtilis e Mirandilla e o macho Monfragüe, no dia 25 de janeiro, e a fêmea Macela, no dia 8 de fevereiro.

No âmbito da 1.ª época de reintrodução da espécie em Portugal, que arrancou em dezembro de 2014 e decorreu até maio de 2015, foram libertados, no concelho de Mértola, 10 linces-ibéricos, mas só 9 estão vivos, já que, em março do ano passado, a fêmea "Kayakweru", que tinha sido libertada no mês anterior, foi encontrada morta por envenenamento.

Segundo o ICNF, o projeto de Recuperação da Distribuição Histórica do Lince-Ibérico em Espanha e Portugal "LIFE+Iberlince" reuniu esforços de parceiros institucionais e da sociedade civil para "conseguir o retorno da espécie a várias áreas da Península Ibérica" e também "novas oportunidades de revitalização destes territórios".

Atualmente, o lince é "uma espécie emblema e chave dos ecossistemas" e a sua conservação "beneficia muitas outras espécies selvagens e potencia atividades humanas, que conciliam o uso e a preservação de habitats naturais", refere o ICNF, frisando que "a reintrodução é um programa de longo prazo, que requer um reforço regular de animais e apoio da sociedade".

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.