sicnot

Perfil

País

Fim de semana com menos frio mas com nuvens e aguaceiros no sul

O fim de semana vai ser marcado pela subida das temperaturas mínimas em Portugal continental, mas com nebulosidade e probabilidade de aguaceiros no Algarve e Baixo Alentejo, adiantou à agência Lusa a meteorologista Maria João Frada.

(Arquivo)

(Arquivo)

(arquivo)

"Para o fim de semana, estamos a prever menos frio, mas nebulosidade e aguaceiros prováveis no sul, Algarve e Baixo Alentejo", disse.

De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o aumento da nebulosidade no sul do país é originado pela depressão que está a afetar a região da Madeira e que tende a deslocar-se em direção ao continente.

"Assim, a partir de hoje já vamos ter alguma nebulosidade no sul e amanhã [sábado], em princípio, tudo aponta para que haja ocorrência de aguaceiros, que podem ser acompanhados de trovoada, mantendo-se a mesma situação no domingo", salientou.

Segundo a especialista, a região norte vai estar salvaguardada, prevendo-se céu pouco nublado ou limpo.

"No fim de semana vamos ter menos frio. Gradualmente, vamos sentir uma pequena subida dos valores da temperatura mínima. Vão variar nas regiões do interior norte e centro entre os 0 e os 2/4 graus Celsius e no litoral vão subir da ordem dos 5/7 graus positivos", disse.

Quanto às máximas, Maria João Frada declarou que vão variar entre os 14 e os 18 graus no litoral e no interior entre os 10 e os 14.

"Na segunda-feira, em princípio vamos ter o deslocamento da depressão para norte e é provável que haja nebulosidade. Se assim for, as temperaturas máximas vão baixar um pouco e a precipitação pode ser apenas uma possibilidade", concluiu.

Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.