sicnot

Perfil

País

Governo reúne-se hoje com Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil

O Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme W. d'Oliveira Martins, reúne-se hoje com o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC), depois de, nos dois últimos dias da semana passada ter recebido várias estruturas sindicais representativas dos trabalhadores da TAP.

Arquivo SIC


O porta-voz da plataforma de oito sindicatos da TAP, André Teives, que reuniu na sexta-feira com o governante, garantiu que os trabalhadores da companhia aérea vão fazer história na compra da posição de 5% do capital que lhes foi reservada na privatização da TAP.

O jornal Público noticiou na sexta-feira que os serviços jurídicos do Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) estão a analisar a possibilidade de criar uma estrutura que junte todos os funcionários que querem entrar no capital da companhia para que os trabalhadores fiquem com 5% da companhia aérea.

A Autoridade Nacional da Aviação Civil decidiu também na sexta-feira aplicar à TAP e à Portugália medidas cautelares que impedem a tomada de decisões de gestão extraordinária ou que tenham impacto significativo no património, na atividade e na operação das duas empresas.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC