sicnot

Perfil

País

Lisboa em 42º lugar no ranking de qualidade de vida em 230 cidades

Lisboa é a 42ª cidade com melhor qualidade de vida, numa lista de 230 cidades publicada anualmente pela consultora Mercer e hoje divulgada, que uma vez mais é dominada por cidades europeias com Viena, na Áustria, à cabeça.

Francisco Seco

O 18º estudo da Mercer "Quality of Living 2016" analisa a qualidade de vida em 230 cidades, de acordo com 39 parâmetros, que refletem o ambiente social, político, económico e sociocultural, fatores médico-sanitários, escolas e educação, serviços públicos e de transportes, bens de consumo disponíveis, habitação e fatores naturais.

De acordo com a avaliação deste ano, Lisboa desceu um lugar em relação a 2015 e é a 42ª cidade com melhor qualidade de vida, estando em 59º lugar no que respeita ao nível de segurança pessoal, baseado em dados como a estabilidade interna, a criminalidade e a aplicação da lei local.

Sete das 10 cidades na lista com melhor qualidade de vida do mundo são europeias.

Tal como nos últimos sete anos, Viena continua a ser a cidade com maior nível de qualidade de vida a nível mundial, seguida de Zurique (Suíça), Auckland (Nova Zelândia), as alemãs Munique, Dusseldorf e Frankfurt, Genebra (Suíça) e Copenhaga (Dinamarca).

As cidades pior posicionadas em relação à qualidade de vida na Europa são Kiev (176º, Ucrânia), Tirana (179º, Albânia) e Minsk (190º, Bielorrússia).

Quanto ao índice de segurança, a cidade do Luxemburgo é considerada a cidade mais segura, seguida, 'ex aequo', por Berna, Helsínquia e Zurique.

"Algumas capitais-chave [europeias] encontram-se em níveis algo baixos do 'ranking' [de segurança], já que muitas sofreram ataques terroristas ou passaram por instabilidades sociais nos últimos anos", referiu a consultora, numa análise aos dados recolhidos, exemplificando que Paris está apenas em 71º, Londres em 72º, Madrid em 84º e Atenas em 124º.

Kiev (189º) e São Petersburgo (197º) e Moscovo (206º), ambas na Rússia, encontram-se nos níveis mais baixos do ranking de segurança pessoal europeu.

A cidade com melhor posição na América do Norte é Vancouver (5º lugar), no Canadá, enquanto nos EUA, São Francisco (28º) encontra-se na posição mais alta, seguindo-se Boston (34º), Honolulu (35º), Chicago (43º) e Nova Iorque (44º).

As cidades mexicanas de Monterrey (108º) e Cidade do México (127º lugar) são as piores classificadas quanto à qualidade de vida no norte da América.

Na América do Sul, Montevideo (78º), Buenos Aires (93º) e Santiago (94º) permanecem as mais bem cotadas no 'ranking' de qualidade de vida, enquanto Bogotá (130º), La Paz (156º) e Caracas (185º) são as piores.

Singapura é a cidade asiática melhor classificada, encontrando-se no 26º lugar, enquanto Daca (214º, Bangladesh) é a pior.

Dubai (75º) continua a ser uma das cidades mais bem cotadas em termos de qualidade de vida em África e no Médio Oriente, seguida de Abu Dhabi (81º, Emirados Árabes) e Port Louis (83º, Ilhas Maurícias).

Poucas cidades desta região se encontram no top 100 em termos de segurança pessoal, o que a consultora explica por ser "a geopolítica regional altamente volátil e caracterizada por preocupações de segurança, tumultos políticos e um elevado risco de terrorismo".

Abu Dhabi encontra-se no nível mais alto do ranking de segurança (23º lugar), seguida de Muscat (29º, Omã), Dubai (40º) e Port-Louis (59º).

Bagdad, no Iraque, é a cidade mais insegura do mundo (230º lugar), seguida por Damasco (229º), na Síria.

Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".