sicnot

Perfil

País

PAN quer ajudar OLX a garantir que animais não são tratados como objetos

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) transmitiu ao presidente da OLX a disponibilidade para ajudar a garantir que os animais trocados e vendidos na plataforma online deixam de ser tratados como objetos.

© Mike Segar / Reuters

"Uma das medidas a tomar poderia passar pela advertência explícita de proibição de trocas de animais no momento em que se cria um novo anúncio, complementando com a monitorização mais ativa das transações realizadas", sugere o deputado e porta-voz do PAN, André Silva, citado num comunicado hoje divulgado.

O PAN enviou ao responsável pela plataforma online de venda e troca de produtos, Miguel Monteiro, uma carta na qual, além da disponibilidade para colaborar na garantia de que os animais deixem de ser tratados como objetos, propõe contribuir para que cada vez mais empresas desta área sejam vistas como exemplo do acompanhamento da evolução civilizacional e ética que o país está a pedir no que respeita à proteção dos direitos dos animais.

Esta iniciativa do PAN segue-se à publicação na imprensa de várias notícias sobre a troca e venda de animais na OLX, o que preocupa os defensores dos animais, que receiam um tratamento semelhante a objetos em vez do respeito devido aos seres vivos.

Para o partido, a preocupação com aspetos sociais e ambientais já faz, há algum tempo, parte do mundo dos negócios.

"A monitorização dos impactos que uma atividade comercial tem na sociedade é fundamental para assegurar a continuidade da sua 'licença para operar' que, em última análise, é sempre validada pelos cidadãos que utilizam determinado serviço", refere o PAN.

O PAN pretende, assim, participar num "diálogo aberto e construtivo sobre este tema, que possa gerar formas alternativas e eficazes de avançar para uma sensibilização e consciencialização mais realista em relação à proteção e bem-estar animal".

A alteração do Estatuto Jurídico do Animal, insiste, "é uma das medidas mais urgentes e também uma das bandeiras do partido, que pretende assim assegurar que os animais deixam de ser vistos como objetos e de ser tratados como mercadorias perante a lei".

Lusa

  • Madrid suspende governo regional da Catalunha

    Mundo

    O chefe do Governo espanhol anunciou hoje que decidiu acionar o artigo 155º da Constituição espanhola e pedir ao Senado a suspensão das funções do governo regional da Catalunha. Em conferência de imprensa justificou a adoção das medidas dada a "desobediência rebelde, sistemática e consciente" do Governo regional (Generalitat).

    Em atualização

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.