sicnot

Perfil

País

PAN quer ajudar OLX a garantir que animais não são tratados como objetos

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) transmitiu ao presidente da OLX a disponibilidade para ajudar a garantir que os animais trocados e vendidos na plataforma online deixam de ser tratados como objetos.

© Mike Segar / Reuters

"Uma das medidas a tomar poderia passar pela advertência explícita de proibição de trocas de animais no momento em que se cria um novo anúncio, complementando com a monitorização mais ativa das transações realizadas", sugere o deputado e porta-voz do PAN, André Silva, citado num comunicado hoje divulgado.

O PAN enviou ao responsável pela plataforma online de venda e troca de produtos, Miguel Monteiro, uma carta na qual, além da disponibilidade para colaborar na garantia de que os animais deixem de ser tratados como objetos, propõe contribuir para que cada vez mais empresas desta área sejam vistas como exemplo do acompanhamento da evolução civilizacional e ética que o país está a pedir no que respeita à proteção dos direitos dos animais.

Esta iniciativa do PAN segue-se à publicação na imprensa de várias notícias sobre a troca e venda de animais na OLX, o que preocupa os defensores dos animais, que receiam um tratamento semelhante a objetos em vez do respeito devido aos seres vivos.

Para o partido, a preocupação com aspetos sociais e ambientais já faz, há algum tempo, parte do mundo dos negócios.

"A monitorização dos impactos que uma atividade comercial tem na sociedade é fundamental para assegurar a continuidade da sua 'licença para operar' que, em última análise, é sempre validada pelos cidadãos que utilizam determinado serviço", refere o PAN.

O PAN pretende, assim, participar num "diálogo aberto e construtivo sobre este tema, que possa gerar formas alternativas e eficazes de avançar para uma sensibilização e consciencialização mais realista em relação à proteção e bem-estar animal".

A alteração do Estatuto Jurídico do Animal, insiste, "é uma das medidas mais urgentes e também uma das bandeiras do partido, que pretende assim assegurar que os animais deixam de ser vistos como objetos e de ser tratados como mercadorias perante a lei".

Lusa

  • Marcelo condecora hoje Francisco Sá Carneiro a título póstumo
    0:55

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa vai condecorar hoje Francisco Sá Carneiro, a título póstumo. A cerimónia será incluída nas celebrações do 25 de Abril. Também a título póstumo, o Presidente da República vai ainda homenagear o antigo bispo do Porto D. António Ferreira Gomes. As condecorações têm lugar esta tarde no Palácio de Belém para onde já estava marcada a condecoração do arquiteto Siza Vieira. Todos, diz Marcelo, são figuras ligadas à liberdade e democracia.

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.