sicnot

Perfil

País

Portugal cresce acima da média e é agora o 14º país mais digitalizado da UE

Portugal encontra-se entre os cinco países da União Europeia que mais progrediram no último ano e apresentam um resultado acima da média no domínio digital, tendo subido ao 14.º posto do "ranking" europeu, revela um estudo da Comissão Europeia.

Francisco Seco

O "Índice de Digitalidade da Economia e da Sociedade" de 2016, que a Comissão Europeia apresentará na quinta-feira de manhã em Bruxelas, revela que Portugal obtém uma classificação global de 0,53 pontos (a pontuação vai de 0 a 1), passando à primeira metade da tabela, no 14.º posto, ligeiramente acima da média comunitária (0,52 pontos), quando no ano passado era 16.º, com 0,49 pontos.

Portugal integra, assim, no índice deste ano o grupo dos países que estão a evoluir mais rapidamente (juntamente com Holanda, Estónia, Alemanha, Malta e Áustria), embora se mantenha longe dos lugares de topo do "ranking" europeu no domínio digital, ocupados por Dinamarca, Holanda, Suécia e Finlândia, todos próximos dos 0,7 pontos.

Elaborado com base em indicadores estruturados em cinco vertentes -- conectividade, capital humano, utilização de internet, integração das tecnologias digitais e serviços públicos digitais -- o relatório aponta que Portugal dispõe de serviços públicos "online" avançados (ocupando mesmo o 8º lugar nesta categoria, entre os 28 Estados-membros), um "desempenho acima da média na digitalização das empresas) e redes de banda larga que asseguram uma boa cobertura, estando a Internet rápida disponível para 91% das residências.

A Comissão Europeia sustenta que nesta fase "o maior desafio para o país é melhorar as competências digitais dos seus cidadãos", pois cerca de metade da população não tem competências digitais básicas, e levá-los a aderirem às atividades em linha (28% nunca utilizaram a Internet), "para que possam participar plenamente na economia e na sociedade digitais".

Em termos gerais, o executivo comunitário adverte todavia que "são necessárias medidas, tanto a nível nacional como da UE, para eliminar os obstáculos que impedem os países da UE de beneficiar plenamente das oportunidades proporcionadas pelas tecnologias digitais".

"A UE está a progredir mas não à velocidade desejável. Não podemos cruzar os braços. São necessárias medidas para recuperar o atraso que nos separa do Japão, dos Estados Unidos e da Coreia do Sul", comentou o comissário europeu com a pasta da Economia e Sociedade Digitais, Günther Oettinger.

Lusa

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC